Relatório de estágio

[pic]
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE ARQUITETURA, ENGENHARIA E TECNOLOGIA
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA SANITARIA E AMBIENTAL








Projeto GRUPESCO

MONITORAMENTO DA QUANTIDADE E DA QUALIDADE DA ÁGUA NA BACIA RIO COXIPÓ (CUIABÁ-MT) E IMPLEMENTAÇÃO DA GESTÃO PARTICIPATIVA DOS RECURSOS HÍDRICOS.





Relatório Final

Caracterização da Qualidade da Água do RioCoxipó e dos Córregos Moinho e Castelhano em diferentes pontos e nos períodos sazonais de seca e cheia no município de Cuiabá/MT.





Engenheira Sanitarista: Neli Assunção Silva (Bolsista)







Cuiabá, MT

Junho – 2009.


1. IDENTIFICAÇÃO

Proponente:Universidade Federal de Mato Grosso
Executora: Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental
Instituição: UniversidadeFederal de Mato Grosso
Coordenador: Alexandre Silveira
Bolsista: Neli Assunção Silva
Período de vigência da Bolsa: março de 2007 à fevereiro de 2008.
Período de Referência do Relatório Técnico: Março de 2007 à dezembro de 2008.


Resumo
Este trabalho teve como objetivo caracterizar a qualidade da água físico-química e microbiológica da água dos Córregos Moinho e Castelhano e do Rio Coxipó,principal afluente do Rio Cuiabá nos períodos sazonais de seca e cheia, para conhecer a qualidade ambiental desse rio que abastece aproximadamente 35,6% da população cuiabana. As variáveis analisadas foram: Temperatura do ar e da água, potencial Hidrogeniônico, Turbidez, Oxigênio Dissolvido, Demanda Bioquímica de Oxigênio, Demanda Química de Oxigênio, Sólidos Totais, Fixos e Voláteis, SólidosSuspensos Total, Fixos e Voláteis, Nitrogênio Total Kjeldhal, Nitrogênio amoniacal, Nitrito, Fósforo Total, Coliformes Totais e Escherichia coli. As análises seguiram as recomendações do Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater (1995). Os dados indicaram que os valores médios das variáveis físico-químicas e microbiológicas foram, em parte, influenciados pela sazonalidade do cicloanual. Os resultados evidenciaram que a qualidade da água dos Córregos está em péssimas condições ambientais para as variáveis de OD, DBO, NH3, PO4, CT e E. coli. Embora os pontos no Rio Coxipó estejam no perímetro urbano, somente para as variáveis de PO4, CT e E. coli estão acima dos valores preconizados pela Resolução do CONAMA nº. 357/2005. Esses resultados mostram o pouco poder de diluição dosCórregos e do Rio Coxipó e a necessidade de se coletar e tratar os efluentes que são lançados diariamente no corpo receptor.




2. OBJETIVO GERAL

Caracterizar a qualidade da Água do Rio Coxipó e dos Córregos Moinho e Castelhano em diferentes pontos e nos períodos sazonais de seca e cheia, e comparar os resultados com a Resolução CONAMA nº 357/05 para rio de Classe 2.3. MATERIAIS E MÉTODOS

3.1 Descrição da área de estudo

A bacia do Rio Coxipó está localizada na região Centro Oeste do País, tendo como principal curso d’ água o Rio Coxipó, situando-se entre as coordenadas geográficas 15°39’30” e 15°16’56” S e 56°02’03” e 55°45’00” W, abrangendo parte dos municípios de Chapada dos Guimarães e Cuiabá. O Rio Coxipó pertence à bacia do Rio Cuiabá,principal formador de uma das quatro bacias, que constituem o eixo de drenagem do Rio Paraguai (Almeida Filho, 2002).

O Rio Coxipó nasce no município de Chapada dos Guimarães e percorre 85km até a sua foz, no Rio Cuiabá (Magnani, 2000) com uma área de drenagem de 678km², onde estão inseridas cerca de 31% da população do município de Cuiabá.

A sazonalidade é marcada por doisperíodos bem distintos: estiagem (maio a setembro) e chuvoso (outubro a abril). Sua taxa de fluxo é elevada, dependendo do período sazonal. A vazão do rio no período de chuva encontra-se em torno de 10,6m3/s, e no período de seca com 5,3m3/s (Almeida Filho, 2002).

Na bacia do Rio Coxipó estão inseridos 56.859 domicílios (Cuiabá, 2007), deste total 92,48% são abastecidos por rede geral de água,...
tracking img