Relacionamento da equipe de enfermagem com o paciente renal crônico em programa de hemodiálise, um estudo de revisão bibliográfica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5681 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
THIAGO GIRIO DOS SANTOS














RELACIONAMENTO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM COM O PACIENTE RENAL CRÔNICO EM PROGRAMA DE HEMODIÁLISE, UM ESTUDO DE REVISÃO BIBLIOGRÁFICA
























ARARAS/SP


Dezembro/2007













THIAGO GIRIO DOS SANTOS









RELACIONAMENTO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM COM O PACIENTE RENALCRÔNICO EM PROGRAMA DE HEMODIÁLISE, UM ESTUDO DE REVISÃO BIBLIOGRÁFICA






Trabalho apresentado ao Curso de Especialização de Enfermagem em Nefrologia do Centro de Universitário Hermínio Ometto - UNIARARAS, como parte integrante da avaliação do curso de especialização de Enfermagem em Nefrologia.






ORIENTADOR(A): Profa. Ms.Bianca R. Guarino Polins




ARARAS/SP


Dezembro/2007

CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO OMETTO - UNIARARAS

Autor: THIAGO GIRIO DOS SANTOS


RELACIONAMENTO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM COM O PACIENTE RENAL CRÔNICO EM PROGRAMA DE HEMODIÁLISE, UM ESTUDO DE REVISÃO BIBLIOGRÁFICA


Monografia apresentada em [dia] Dezembro de 2007

Banca examinadora:

Bianca Regina Guarino Polins NOTA:Orientador(a): Prof(a) Mestre

NOTA:
Co-orientadora: Prof(a) [titulação]

NOTA:
Prof(a) [titulação]

NOTA:
Prof(a) [titulação]

MÉDIA FINAL:




[digite o nome do autor]


DEDICATÓRIA



Dedico este estudo aos pacientes em programa
de hemodiálise, à equipe de enfermagem e em especial
aos Enfermeiros da área de Nefrologia.
AGRADECIMENTO



À Santíssima Trindade(Pai, Filho e Espírito Santo) e à Virgem Maria, por me dar forças para a conclusão deste trabalho.

À minha família pela paciência e compreensão nos momentos difíceis, e pelas ausências como esposo e pai, eu os amo.

Aos meu pais com bastante carinho, obrigado.

Á Profª Ms. Bianca Regina Guarino Polins, pela valiosa contribuição para realização deste trabalho.

À Enfermeira e amiga Julianade Paula Galdeano pela essência do meu saber em Nefrologia e pelo estímulo para a obtenção deste título de especialista e por acreditar no meu potencial como profissional.

Aos Enfermeiros do setor de Nefrologia do Hospital da PUC-Campinas pela cooperação e compreensão com as minhas ausências.


RESUMO
A insuficiência renal crônica é a perda brusca ou gradativa, da função renal, e seusportadores são submetidos a tratamentos de substituição desta função para que haja a manutenção da vida. Quando em programa de hemodiálise, o paciente renal crônico, convive no seu dia-a-dia com o fato de ser portador de uma doença crônica que o obriga a um tratamento de longa duração e que provoca, juntamente com a evolução da doença, alterações de grande impacto, na sua vida quanto na de seusfamiliares. É o enfermeiro o profissional responsável pela comunicação entre pacientes, família e equipe, validando sua atuação direta ao cuidado, comunicando-se de maneira adequada, e colocando-se na condição do estar doente e na condição de viver junto ao enfermo, facilitando seu desempenho junto ao paciente, família e, também, para melhorar o seu relacionamento com a equipe. O objetivo é analisar orelacionamento interpessoal da equipe de enfermagem com o paciente renal crônico. Para o presente estudo de natureza bibliográfica utilizou-se de busca no sistema BIREME, utilizando a base de dados LILACS (Literatura Latino Americana em Ciências da Saúde). Foram também utilizadas bases de dados das bibliotecas da Unicamp, Usp e Unesp, além do sistema SCIELO, com acesso a artigos digitais e acervona Uniararas. O material coletado foi organizado e analisado a partir de categorias temáticas. Entende-se que o paciente em tratamento hemodialítico passa por algumas fases de adaptação, sendo que o primeiro contato é com a máquina de fazer hemodiálise, no qual o mesmo apresentará medo, mas após entender esse processo terapêutico, reagirá com consciência com sentimentos de raiva, podendo até...
tracking img