Relação homem trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Fabran
Disciplina: CHO– Comportamento Humano nas Organizações
Professor: Benedito Vieira
Equipe:
Macapá-Ap, 29 de Março de 2011.

Justificativa

Nosso objetivo é verificar o caminho que o Ser humano trilhou nessa busca da relação, HOMEM e TRABALHO, assim como, registrar observações sobre o que estamos vivenciando hoje nas organizações, buscando ampliar nossa visão sobre ainfluência do trabalho na qualidade de vida e no processo de evolução da nossa civilização.

“uma maquina pode substituir cem pessoas comuns,
Porém uma maquina jamais substituirá uma pessoa criativa.”
Albert Hubbrard

Introdução
O presente trabalho visa demonstrar a importância de encontrar uma maneira de fazer do relacionamento homem-trabalho um elemento transformador, tornando o homem umser expansivo em direção às suas reais condições e pertencer a uma sociedade organizada que não mais tenha, nesta atividade, um estrangulador da felicidade ou um bloqueador de realizações.
É de conhecimento de todos que o dom da vida é trabalhar, é o que impulsiona, e o que traz o desenvolvimento a um país. Então se pode definir que trabalho é progresso é esperança para que se possa ter uma vidadigna.

O Homem e o Trabalho
O Dom natural da vida é trabalhar. Trabalho é movimento. Movimento é transformação e o princípio de toda transformação é modificar algo para melhor, segundo as leis naturais. Podemos definir, então, que trabalho é progresso. Sem progresso, isto é, sem trabalho, teremos estagnação ou regressão.
O homem traz consigo uma força que o impulsiona ao progresso e à evolução,pois essa é a razão de sua existência. Sem essa força, ele sucumbirá, deixará de existir.
A vida é uma luta contínua de sacrifícios, aquele que lutar vence aquele que não lutar e vencido.
A Origem do Trabalho
O trabalho no processo de desenvolvimento do ser humano determinou a criação da sua cultura e sua busca do sucesso e felicidade. Desde os seus primeiros atos, como a utilização deinstrumentos, a obtenção do controle sobre o fogo e a construção de habitações, o homem encontrou nesse conjunto maneiras para melhor utilizar a terra e se proteger.
Tal concepção sobre o trabalho atinge seu apogeu no séc. XIX, com o homem assumindo uma dimensão de senhor da natureza, apoiado por princípios materialistas positivos. Porém, o seu início está ligado à derrocada do Império Romano, porvolta do séc. III, quando a sociedade vê o culto do corpo e do prazer, conduzir a um estado de pecados, dor, doenças, miséria, fome, crimes e morte. Tal cenário de epidemias e decadência favoreceu a ascensão do cristianismo que conduzia a valores espirituais, que positivava o sofrimento, a fome e a doença como elementos de salvação. No séc. IV, com os primeiros cristãos instalados nos desertos,onde era possível viver longe das tentações da vida mundana das cidades, o cristianismo passa a ser considerada a religião oficial do Império Romano.

Com a ida para o deserto, o homem começa a se reunir em grupos, que pregam o desprezo do corpo e das sensações físicas, dando mais valor ao contemplativo, devoto, místico; que tem relação com a vida espiritual. Iniciam-se criação de mosteiros, quecolocam em pratica a vida monástica e impõe a disciplina como base do aprendizado, da obediência e da humildade. Contudo, por mais severos que fossem os exercícios, não eram o bastante para eliminar a lembrança dos prazeres da carne.
Com isso, surge o trabalho como um grande número de atividades, a serem desenvolvidas em espaço próprio e num período de tempo, instituindo-se e agrupando profissões(sapateiros, tecelões, marceneiros, serralheiros, etc.).
Essa forma de disciplina acaba trazendo uma regularidade à vida das cidades, estabelecidas nas vizinhanças dos mosteiros, então os monges passam a acreditar que a sua missão é retornar e oferecer aos pecadores urbanos um caminho para a salvação.
Após o séc. VI, instala-se um período de terror e violência, devido às invasões bárbaras,...
tracking img