Reivindicaçoes sindicais e greve bancária

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1061 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Reivindicações Sindicais e a Greve Bancária
O que são reivindicações sindicais?
"o ramo do direito do trabalho que tem por objetivo o estudo das relações coletivas de trabalho, e estas são as relações jurídicas que têm como sujeitos grupos de pessoas e como objetivo interesses coletivos"(Amauri Mascaro Nascimento)
Os dirigentes sindicais são eleitos para cargos legislativos, e o principalinstrumento de política sindical é a negociação coletiva.
Exemplo real de uma reivindicação sindical:
18/09/2012 11h46 - Atualizado em 18/09/2012 15h19
Greve fecha agências bancárias em São Paulo nesta terça-feira
Bancários pedem aumento real de 5% e maior participação nos lucros.
Na região central, funcionários bloqueavam entrada em agência.
Fábio Tito Do G1, em São Paulo
Os bancáriosentraram em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira (18), segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). A movimentação de grevistas nos bancos da Avenida Paulista, na região central da capital, começou logo cedo. Ainda antes das 10h, representantes do sindicato bloqueavam a entrada de pessoas em agências ou entregavam panfletos sobre aparalisação.
De acordo com a confederação, a intenção dos bancários é fechar as agências, mas caixas eletrônicos e bancos pela internet devem continuar funcionando. Segundo balanço parcial feito pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, 13 mil trabalhadores participaram das paralisações durante esta manhã. Ainda segundo o sindicato, 402 instituições bancárias – entre agências e centrosadministrativos – fecharam nesta terça parcialmente ou totalmente. De acordo com a assessoria do grupo, um novo balanço deve ser divulgado no final do dia.
"Negociamos que só ficariam quatro pessoas lá dentro. Se deixarmos mais gente entrar, a Febraban não vai sentir a greve", disse ao G1 Mirna Silva Roubien, que trabalha na formação do sindicato.
Do lado de fora, funcionários da agência aguardavampara saber se poderiam entrar para trabalhar e ouviam instruções das representantes do sindicato. "Não estamos aqui para fazer uma baderna, estamos para exigir salários melhores para eles também", disse Mirna.
A correntista Isaura Lopes, de 84 anos, foi à agência mesmo sabendo da greve, na esperança de conseguir pagar uma conta de assistência médica. "Tenho a conta aqui há muitos anos, e semprequebram um galho. Desta vez não tem ninguém para ajudar. Acho uma coisa errada, porque uma pessoa de idade não tem a habilidade para mexer no caixa eletrônico", afirmou.
Região da Faria Lima
A reportagem do G1 encontrou várias agências fechadas na Avenida Faria Lima, principalmente no trecho entre as avenidas Cidade Jardim e Rebouças. O promotor de imóveis Waldomiro Campos, de 64 anos, procurouuma agência do Bradesco para sacar dinheiro, porque está com o cartão bloqueado. “Eu pedi um cartão novo, mas ele vai demorar 15 dias para chegar. Por isso, eu vim até a agência e estou saindo sem dinheiro. É um absurdo essa greve. Minhas contas vão vencer e eu vou ter que pagar com juros”, disse..
Obrigações
Apesar da paralisação, o consumidor não fica dispensado de pagar faturas, boletosbancários ou qualquer outra cobrança. No entanto, para isso, a empresa credora ou concessionária de serviço deve oferecer outras formas e locais para que os pagamentos sejam feitos, conforme alertou a Fundação Procon-SP.
A recomendação do Procon é que o consumidor entre em contato com a empresa e peça essas opções de forma de pagamento, como por internet, sede da empresa, casas lotéricas ou código debarras para pagamento nos caixas eletrônicos.
De acordo com o diretor de imprensa da Contraf-CUT, Ademir Wiederkehr, não é possível informar quais cidades ou estados terão as agências fechadas já a partir do horário de abertura. Um balanço da paralisação deve ser divulgado pela confederação no fim da tarde de terça.
Reivindicações
Segundo nota da confederação, entre as reivindicações dos...