Reinos Africanos

Páginas: 5 (1183 palavras) Publicado: 29 de outubro de 2013
Atualmente

Reino Axum

Axum, atualmente, é uma cidade do norte da Etiópia, localizada na zona de Mehakelegnaw, da Região Tigre. Os altos Planaltos da Atual Etiópia, na África oriental com altura média de 2 mil metros, dão origem à região um clima fresco com chuvas de verão. O solo fértil de origem vulcânica garantia uma agricultura farta capaz de alimentar uma grande população.Decadência
A partir do século VII se inicia a decadência de Axum, primeiro devida à instabilidade comercial causada pelas disputas entre bizantinos e os persas do Império Sassânida e, após 632, pela expansão dos domínios dos árabes muçulmanos. Apesar de que as relações com os muçulmanos foram inicialmente amistosas, a partir do século VII a ascensão da dinastia omíada causou seu declínio final.
Ariqueza do reino Axum vinha da agricultura e do comércio realizado no porto de Adulis, no Mar Vermelho. Em adulis era comercializado o ouro, marfim e escravos africanos, vinho romano, incesno da Arábia, seda da China, corantes e especiarias. Porém os arábes dominaram o comércio do Mar Vermelho, conquistando Adulis e cortando as rotas comerciais do Império de Axum. A produção agrícola caiu,provavelmente por problemas ambientas e de excessiva exploração da área circundante da cidade, que nos finais do século VIII foi reduzida a um vilarejo. As elites abandonaram a cidade, assim como os réus que transferiram a capital ao sul. Apesar de haver mantido sua importância simbólica, especialmente religiosa, os líderes da igreja etíope deixaram a cidade na metade do século X.
Após um longo período,Axum começa a reviver a partir do século XV. A Igreja de Santa Maria de Siçao foi reconstruída em 1404, e novos bairros de moradia foram criados no século XVI. Porém, em 1535, a cidade foi invadida e destruída pelo chefe militar somali Ahmad ibn Ibrighim al-Ghazi. Nos séculos seguintes, Axum foi vítima de pragas de gafanhotos, cólera e fome que dizimaram a população. A importa simbólica para areligião e realeza etíope, porém, nunca foi esquecida.

Século XX
No século XX, quando a Etiópia foi invadida pelos fascistas italianos, a região de Axum for atacada por armas químicas, e boa parte da elite da cidade foi assassinada pelos invasores. Os italianos permaneceram entre 1935 e 1942, estabelecendo algumas melhorias na infraestrutura e introduzindo valores da cultura fascista italiana daépoca na cidade. O império etíope foi reestabelecido mais tarde e durou até 1974, quando o imperador Haile Selassie foi assassinado numa revolução comunista. Axum muito ligada ao poder imperial, teve sua história e tradição reprimida pelos novos governantes.
Quando o ditador Mengistu Haile Mariam foi expulso do país, em 1991, Axum passou a ser revalorizada como centro religioso e cultural, com apromoção tanto das tradições locais como do turismo.

Religião
A religião original de Axum era politeísta, aos deuses ofereciam-se animais e erguiam-lhes tronos de pedra em agradecimento pelas vitórias militares. Por volta do ano 300, o cristianismo começou a se espalhar pelo reino e se tornou a religião oficial quando o rei Ezana se converteu e foi batizado. Axum foi o primeiro reino cristãoda História.
Atualmente, a maioria da população é praticante da Igreja Ortodoxa Etíope (88,9%), enquanto que 10,9% são mulçumanos de acordo com o censo de 2007. Axum é considerada a cidade mais sagrada da Igreja Ortodoxa Etíope e é um importante destino de peregrinações. Alguns festivais dignos de mencionar são o Festival T’imk’et em 7 de Janeiro e o Festival de Maruam Zion nos finais deNovembro.

Demografia
Em 2007, o censo nacional da Agência Central de Estatísticas determinou a população de Axum em 44.629 pessoas, das quais 20.729 homens e 23.900 mulheres. Em 1994, o censo nacional informava uma população de 27.148 (12.536 homens e 14.612 mulheres).

Reino Zimbábue

Atualmente, a República do Zimbábue é um país localizado à África Meridional, anteriormente designado...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Reinos africanos
  • Reinos africanos
  • reinos africanos
  • Os reinos africanos
  • Reinos africanos
  • Reinos africanos
  • Reinos africanos
  • Reinos africanos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!