Regiao biogeografica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 53 (13231 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Biogeografia de Portugal Continental

José Carlos Costa*, Carlos Aguiar **, Jorge Henrique Capelo***, Mário Lousã * &
Carlos Neto****

RESUMO: Apresentam-se alguns conceitos fundamentais usados em
Biogeografia. Propõe-se uma tipologia biogeográfica para Portugal continental
desenvolvida a partir dos trabalhos de S. Rivas-Martínez para a Península
Ibérica, principalmente: RIVAS-MARTÍNEZ etal (1990). São enumeradas
as unidades biogeográficas reconhecidas no território continental nacional e
discutem-se os seus limites até ao nível de Superdistrito, bem como os
critérios e fundamentos florísticos e fitossociológicos usados para a sua
segregação. Apresenta-se uma primeira aproximação cartográfica à escala 1 : 1
000 000 das unidades biogeográficas reconhecidas.
Palavras-chave:Biogeografia, Fitossociologia, Corologia, Portugal.

ABSTRACT: B iogeography of continental Portugal. Some fundamental
concepts of Biogeography are briefly presented. A biogeographical tipology of
continental Portugal, following the concepts and previous works of S. RivasMartínez for the Iberian Peninsula, is presented - mostly RIVASMARTÍNEZ et al. (1990). The biogeographical units down to thelevel of
superdistrict in the territory are briefly described, as well as the floristic and
phytosociological criteria supporting their definition and circunscription. A
first cartographical approach is presented in the 1: 1.000.000 scale.

*

I nstituto Superior de Agronomia. Universidade Técnica de Lisboa; ** Escola Superior Agrária de Bragança.
Instituto Politécnico de Bragança -e-mail: cfaguiar@ipb.pt; *** Estação Florestal Nacional. Instituto
Nacional de Investigação Agrária. Lisboa – e-mail:jcapelo@mail.telepac.pt; **** Faculdade de Letras.
Centro de Estudos Geográficos. Universidade de Lisboa.

Keywords: Biogeography, Phytosociology, Chorology, Portugal.

Introdução
Neste trabalho são enumeradas, caracterizadas e cartografadas à escala 1:1 000 000 as
unidadesbiogeográficas, até ao nível do Superdistrito, reconhecidas em Portugal
continental. À medida que o conhecimento da flora e vegetação de Portugal continental e da
respectiva corologia for progredindo, a tipologia e, sobretudo, as fronteiras biogeográficas
propostas estarão sujeitos a futuras correcções e alterações.
Este trabalho culmina uma longa série de estudos, metodologicamente diversos e adiferentes escalas, sobre a biogeografia de Portugal Continental. Por ordem cronológica, as
aproximações mais relevantes à temática do presente artigo são as seguintes: a “ Carta
Xilográfica” ou “ Mapa dos Arvoredos” de BARROS GOMES, publicada em 1878; os
“ Distritos Botânicos” de WILLKOMM (1896); as “ Zonas Florais” de DAVEAU (1897,
1902, 1905); as “ Regiões Edafo-Climáticas Naturais” deGAUSSEN (1940); o “ Esboço
Fitocorológico” de ROTHMALER (1939); a “ Carta Ecológica de Portugal” de
ALBUQUERQUE (1943, 1954, 1961 e 1965); a carta da distribuição das alianças
climácicas de Portugal continental” de BRAUN-BLANQUET et al. (1956)1; os
“ Zonobiomas” de WALTER (1986); a “ Divisão Geográfica de Portugal” de Orlando
RIBEIRO (1986); a “ Carta Fitogeográfica de Portugal” de FRANCO (1971 e1984)
(memória descritiva publicada em 1996) e as numerosas publicações do Prof. RivasMartínez sobre a “ Biogeografia da Península Ibérica”, última versão publicada datada de
1990 (RIVAS-MARTÍNEZ et al., 1990).
Conceitos fundamentais de Biogeografia
A B iogeografia é um ramo da Geografia que tem por objecto a distribuição dos seres
vivos na Terra. A Fitogeografia restringe o seu domínio àsplantas. A Biogeografia é uma
ciência que relaciona o meio físico com o biológico, servindo-se da informação gerada por
ciências afins como a Corologia vegetal, a Geologia, a Bioclimatologia e a Fitossociologia.
O estabelecimento de um modelo tipológico hierárquico do território (sistemas de ecoregiões), com expressão espacial, é um dos objectivos da Biogeografia. Devido ao seu
carácter fixo e...
tracking img