Região nordeste

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 11 (2559 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
conclusao

A Região Nordeste do território brasileiro é composta por nove estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Sua extensão territorial é de 1.554.257,0 quilômetros quadrados, sendo o terceiro maior complexo regional do Brasil, ocupando 18,2% da área do país.
Conforme contagem populacional realizada em 2009 pelo InstitutoBrasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população nordestina totaliza 53.591.197 habitantes, abrigando 28% da população residente no Brasil. A densidade demográfica é de 34,4 habitantes por quilômetro quadrado; o crescimento demográfico é de 1,3% ao ano. A população urbana é maioria – 72,4%. O estado da Bahia é o mais populoso (14.637.364 habitantes); Sergipe possui a menor concentraçãopopulacional da região (2.019.679 habitantes).
A economia nordestina está em constante processo de desenvolvimento. A Região vem recebendo várias indústrias, um dos motivos é a concessão de benefícios fiscais pelos governos estaduais (isenção de impostos, doação de terrenos, etc.), além de mão de obra mais barata; um dos exemplos foi a instalação da Ford, na Bahia, e diversas empresas têxteis, no Ceará.Outro elemento essencial para a economia do Nordeste é a exploração de petróleo: a região é a segunda produtora de petróleo do país e a maior na extração de petróleo em terra. Possui também um dos principais polos petroquímicos do Brasil – Camaçari, na Bahia.
A agricultura e a pecuária são extremamente prejudicadas com a irregularidade das chuvas. Destacam-se nesse setor a criação de cabras, emrazão da fácil adaptação do animal ao clima. A cana-de-açúcar é o produto agrícola que se destaca, mas as lavouras irrigadas de frutas tropicais vêm crescendo em importância na produção nacional. O Nordeste apresenta significativa criação comercial de camarão, concentra 97% da produção nacional desse crustáceo.
O turismo é de fundamental importância na economia. O grande número de cidadeslitorâneas com belas praias atrai milhões de turistas anualmente. Conforme dados do Instituto Brasileiro do Turismo de 2009, capitais nordestinas como Salvador (BA), Fortaleza (CE), Recife (PE) e Natal (RN) estão entre as cidades brasileiras que mais recebem turistas estrangeiros.
A participação do Nordeste para o Produto Interno Bruto (PIB) nacional é de 13,1%.
A região apresenta vários problemas deordem socioeconômica. Os estados nordestinos ocupam as últimas colocações no ranking nacional de Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). A taxa de mortalidade infantil é a maior do país – 34,4 óbitos a cada mil nascidos vivos. Cerca de 55% das residências não possuem saneamento ambiental. A expectativa de vida do nordestino é a menor do Brasil (70 anos). No entanto, o Nordeste tem apresentado melhorassignificativas nos aspectos sociais. A desnutrição infantil, por exemplo, sofreu redução de 67% num período de 10 anos (1996 – 2006), conforme dados divulgados pelo Ministério da Saúde.
A região Nordeste apresenta uma grande diversidade cultural com elementos indígenas, dos escravos africanos, dos imigrantes europeus. É um dos complexos regionais mais ricos em manifestações culturais.
A RegiãoNordeste apresenta diferentes aspectos climáticos dentro do país e na própria região, nas faixas litorâneas o clima é quente e úmido e nas proximidades da floresta Amazônica, no estado do Maranhão, a oeste e interior, apresenta o clima semi-árido com predominância de longos períodos secos.
Outra discrepância existente no Nordeste é em relação à população, mais precisamente na distribuiçãodemográfica que é extremamente irregular, pois ocorre uma grande concentração populacional no litoral onde estão localizados os principais centros urbanos e automaticamente os meios de produção e emprego e no interior a quantidade de habitantes é muito restrita, uma vez que o clima nesses locais é muito seco e apresenta adversidades.
Um contraste marcante na Região Nordeste está na distribuição da...
tracking img