Regencia verbal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1242 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Regência verbal

A regência verbal estuda a relação correta (no sentido prescritivo) que se estabelece entre o verbo (termo regente) e seu complemento ou seu adjunto (termo regido).
    
Isto | pertence | a todos |
  | termo regente | termo regido |

Agradar

a) No sentido de fazer carinho, empregamos o verbo "agradar" como transitivo direto.
 
A mulher | agradava | o filhinho. |  | V.T.D | objeto direto |

b) No sentido de contentar, satisfazer o empregamos como transitivo indireto (exige-se objeto indireto com a preposição a).
 
O desempenho do time | agradou | ao técnico. |
  | V.T.I | objeto indireto |

Aspirar

a) No sentido de respirar, sorver (perfume, ar), empregamos o verbo "aspirar" como transitivo direto.
 
Ele | aspirou um | gás venenoso. |
  |V.T.D | objeto direto |

b) No sentido de pretender/ desejar, o empregamos como transitivo indireto (exige-se objeto indireto com a preposição a).
 
Os jovens | aspiram ao | sucesso profissional. |
  | V.T.I | objeto indireto |

Observação:
O verbo aspirar não aceita os pronomes lhe, lhes como objeto indireto, por isso devemos substituí-los por a ele, a ela, a eles, a elas.

Assistira) No sentido de ver, empregamos o verbo "assistir" como transitivo indireto (exige-se objeto indireto com a preposição a).
Todos | assistiram | ao jogo da seleção. |
  | V.T.I | objeto indireto |
Observação:
Usado nesse sentido, "assistir" não aceita lhe, lhes, como objeto indireto; por isso, quando necessário, deveremos trocá-lo por a ele, a ela, a eles, a elas.
Ex.: Você assistiu aojogo? Sim, eu assisti a ele.

b) No sentido de socorrer, ajudar, o verbo "assistir" é empregado como transitivo direto.
O médico | assistiu | o doente. |
  | V.T.D | objeto direto |

O secretário de transportes não | assistirá | o prefeito | na greve de ônibus da cidade. |
  | V.T.D | objeto direto |   |
Observação:
Usado no sentido de "socorrer", "aplicar curativo em", segundo algumasgramáticas, admite-se também a construção com objeto indireto: "O médico assiste o doente" ou "O médico assiste ao doente".

Regência de alguns verbos
(Com algumas modificações, a presente tabela fora extraída do livro Língua Portuguesa: noções básicas para cursos superiores, de Maria. Margarida de Andrade e Antônio Henriques, São Paulo: Atlas Editora, 1991.)
1. Verbos com variação deregência e sem variação de significado
Verbos - exemplos | sentido | regência |
Casar
"Vai casar?" ( Machado de Assis) | desposar
unir-se
ligar-se
harmonizar-se | intransitivo |
"...minha ideia é que os homens deviam casar com senhoras viúvas." (Machado de Assis) | idem | transitivo indireto |
"Titia não quer casar antes dos vinte." (Machado de Assis) | idem | transitivo indireto |
"...o seutemperamento casava-se bem à vertigem das cargas..." (Euclides da Cunha ) | idem | transitivo direto e indireto |
Esquecer
"Mas a mãe nunca pudera esquecer a tribo , e chorava." (Cecília Meireles) | perder a lembrança
abandonar
deixar relegar | transitivo direto |
"Seja franco, doutor, tenho ou não tenho razão de me esquecer de que me lembro das coisas?" (Leon Eliachar - humorista ) | idem| transitivo direto e indireto |

Obs.: Vale o mesmo para os verbos recordar e lembrar. Estamos assinalando apenas os casos de regência mais comuns.

Informar
"Informa-os do andamento dos trabalhos..." (Euclides da Cunha) | comunicar avisar noticiar | transitivo direto e indireto |
"Lamento informar-lhe, doutor , que agora só consigo dormir no seu divã." (Leon Eliachar - humorista ) |idem | transitivo direto e indireto |
Obs.: Vale o mesmo para os verbos certificar e cientificar.

Perdoar
"Se perdoou ao filho foi por causa do padre." ( Machado de Assis) | absolver desculpar escusar | transitivo indireto |
Deus perdoa os pecados. | idem | transitivo direto |
"Você me perdoa a falta de palavra." (Pedro Calmon) | idem | transitivo direto e indireto |

Obs.: Vale o...
tracking img