Reformas Pombalinas

Páginas: 22 (5452 palavras) Publicado: 8 de junho de 2014
TEXTO 3


As Reformas Pombalinas

Em 1750, D. José I (1714-1777) assumia o trono de Portugal como seu novo regente. E para o cargo de primeiro-ministro ele escolhera Sebastião José de Carvalho e Melo (1699-1782) o então Conde de Oeiras, conhecido mais na história pelo seu título nobiliárquico de Marquês de Pombal. Pombal assumiu a frente do governo do Estado português e de suas colônias,durante 1750-1777, quando o rei D. José I morreu e sua filha D. Maria I (conhecida pela alcunha de a, Louca) assumiu o trono e acabou demitindo Pombal de seu cargo.

Entretanto, nestes seus 27 anos de governo, Pombal realizou uma série de reformas que mudaram profundamente o caráter do Estado português. No entanto suas reformas foram boas para alguns e péssimas para outros. E em determinadosmomentos, Pombal chegou a agir com punhos de ferro para impor suas novas ordens, isso causou uma série de problemas, a ponto de ser considerado um tirano, mas este conseguiu contorná-las. Tais fatos levaram ele ficar conhecido como um dos grandes déspotas esclarecidos. Sendo assim, nas linhas a seguir irei esboçar algumas das principais medidas tomadas pelo Marquês de Pombal tanto para Portugal quantopara suas colônias, sendo nesse caso tendo como principal referência o Brasil.

Problemas territoriais no Brasil: 
Em 1750 ocorrera em 13 de janeiro, a assinatura do Tratado de Madrid, onde Portugal e Espanha revogavam os antigos limites determinados pelo Tratado de Tordesilhas (1494). Após todos estes anos, Portugal acabou quebrando os antigos limites postos pelo Tratado de Tordesilhas, edepois com a junção das duas Coroas na União Ibérica (1580-1640) não houve uma definição clara das fronteiras. Com este novo tratado, o Brasil perdia a colônia de Sacramento no Uruguai, mas ganhava o que equivale hoje aos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de uma parte do Mato Grosso e da Amazônia, a qual se chamava de Estado do Grão-Pará e Maranhão na época. Entretanto mesmo comessa nova delimitação algumas terras ocupadas pelos portugueses ainda ficaram de fora dos novos limites, levando a alguns conflitos posteriores. O próprio Pombal fora contra tais medidas, mas não pôde fazer muito para mudar tais decisões.

Um admirador do Iluminismo: 
Antes de começar a falar de fato sobre as políticas de Pombal, devo avisar que o marquês fora um grande admirador da Ilustração(termo pelo qual o Iluminismo era conhecido em Portugal e Espanha). Entretanto mesmo sendo um admirador dessas ideias de democracia, liberdade, de um Estado justo, de um Estado laico, Pombal teve que fazer alguns "cortes" nessas ideias. Primeiro ele retirou a intenção de liberdade para todos. As colônias ainda permaneceriam e a escravidão também. Quanto à questão de uma república, isso também foraposto de lado, Portugal ainda continuaria a ser uma monarquia. A respeito da laicização do Estado, de fato isso ele promoveu e acarretou na expulsão dos jesuítas, como será visto mais adiante. Além de ter também brigado com a Igreja.
"A ilustração portuguesa possui uma singularidade: a da precocidade das reformas e da importação das ideias. Características esta decorrente do fechamento de Portugalpara com a cultura desenvolvida nos centos irradiadores do movimento ilustrado, bem como o seu atraso econômico". (MENEZES; PAIVA, 2009, p. 164).
Inicialmente as primeiras medidas que Pombal tomaria era restabelecer o controle das finanças do Estado e controlar todo o comércio ultramarino. Por outro lado também havia os problemas de ordem social, que iam desde as classes baixas até a altanobreza. Além de contar com protestos dos jesuítas e dos cristãos-novos (judeus e muçulmanos convertidos ao cristianismo), os quais eram muito descriminalizados em Portugal e nas suas colônias.
"Pombal sacudiu a sociedade lusa em todos os níveis, realizando um esforço para superar vários problemas: tirar Portugal da inferioridade em relação às potências europeias, reformando a economia, e fortalecer o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Reforma Pombalina
  • Reformas pombalinas
  • REFORMAS POMBALINAS
  • Reforma da pombalinas
  • reformas pombalinas
  • Reformas pombalinas
  • As reformas pombalinas da educação
  • REFORMA POMBALINA NA EDUCACÃO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!