Reformas ortograficas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (266 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Reformas ortográficas:

Em Janeiro de 2009 entrou em vigor o novo acordo ortográfico firmado pelos integrantes da comunidade dos países de língua portuguesa(CPLP) Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, são Tomé e príncipe, cabo verde, Guiné-Bissau e Timor leste. O prazo para adaptação das novas regras é 2012. Até lá serãoaceitas a forma antiga e reformada. Está é a quinta edição da publicação que registra a forma oficial de escrever as palavras no Brasil. A nova edição deverá contercerca de 370 mil verbetes. O Alfabeto ganhou três letras (K,Y e W) e agora ficou com total de 26 letras. O trema cai de vez em desuso exceto em nomes próprios ouderivados. O Sinal hífen não será mais usado em casos onde a primeira palavra terminar com vogal e a segunda começar com consoante, e também não deve ser grafado em casosque a primeira palavra termina com letra diferente da que começa a segunda. O hífen deve ser usado quando a palavra seguinte começa com b,h,r,m,n ou vogal igual a doprefixo.Ditongos abertos das palavras paroxítonas não serão mais acentuadas. Palavras como herói, papéis e troféu continua sendo acentuadas, pois tem ultima silabamais forte. O acento dome também no “i” e “u” tônicos quando vierem depois de ditongo nas palavras paroxítonas. O acento permanece no “i” e “u” quando estiverem naultima silaba. O acento diferencial também foi tirado em alguns casos, mas não deixa de ser usado em pôr (verbo), por (preposição), pôde (pretérito), pode (presente).Fôrma também continua sendo acentuada para ser diferenciada de forma. O acento circunflexo também não é mais utilizado em palavras terminadas em “êem” e “ôo”
tracking img