Reformas de passos manuel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (388 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Reformas de Passos Manuel
Reformas de Passos Manuel

Revolução de Setembro é a designação dada ao golpe de estado ocorrido em Portugal a 9 de Setembro de 1836 que pôs termo ao Devorismo e levouà promulgação da Constituição Portuguesa de 1838.
-------------------------------------------------
Causas
As leis de Mouzinho da Silveira como a abolição dos morgados e capelas cujos rendimentolíquido fosse inferior a duzentos mil réis anuais, extinção das sisas, excepto em vendas ou trocas de bens de raiz do dízimo eclesiástico e dos forais, supressão do direito exclusivo da Companhia dosVinhos e do Alto Douro, da exportação do vinho e do fabrico de aguardentes e por fim nova organização judicial em círculos judiciais, depois chamados de distritos de relação, permitiram resolver váriosproblemas que a sociedade portuguesa estava a atravessar. Esta linha reformadora ira prosseguir nos anos seguintes.

Passos Manuel, o principal obreiro da Revolução de Setembro.

Em 1836, um novoministério, em que Passos Manuel era a figura dominante, tomou conta do poder, aboliu a Carta Constitucional de 1826 tendo isto constituído a revolução setembrista. Com a revolução setembrista apoiadona burguesia industrial, no proletariado urbano e na classe média dos comerciantes Passos Manuel elaborou um vasto programa de reformas em vários domínios. Promoveu uma grande reforma no ensino com acriação de liceus nacionais, procurou fomentar a indústria através de uma política proteccionista, a pauta aduaneira de 1837 e apoio a política de reconstrução ultramarina impulsionada pelo marquês deSá da Bandeira.
Apesar dos seus esforços, a verdade é que os resultados práticos das medidas adoptadas pelo setembrismo (fase do liberalismo português entre 1836 e 1842 caracterizada pela restauraçãodos princípios democráticos do vintismo) foram fracos ou nulos. A instabilidade política, o clima de insurreição e também D. Maria II que renunciava ao texto constitucional que o pai deu a vida,...
tracking img