Reforma tributaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5195 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO Nunca se falou tanto, como nos últimos anos, sobre o elevado crescimento da carga tributária em nosso país. Tal assunto encontra-se estampado nos mais variados veículos da mídia, como também podemos encontrá-lo em teses e estudos de diversos grupos de pesquisa em economia e finanças. Agindo como um devorador do poder aquisitivo do povo brasileiro, a carga tributária vem absorvendo cada vezmais as parcelas de nosso PIB. Qual seria a solução para esse verdadeiro confisco que vem se tornando a tributação no Brasil? O objetivo de nosso estudo é mostrar, de forma prática, a intervenção da carga tributária no crescimento econômico do país. Assim, discutindo o efeito da carga tributária na economia de uma nação, em especial no Brasil. Pretendemos atingir, como resultado, o debate entre asociedade e o Poder Legislativo, tendo como consequentemente resultado uma verdadeira e eficiente reforma tributária, possibilitando um aumento no poder aquisitivo do povo, causando o aquecimento na economia e assim gerando mais arrecadação por parte do Estado. Para se chegar ao resultado foram realizadas pesquisas bibliográficas de renomados autores e pesquisas de campo com parlamentares eespecialistas na área. O ano de 2007 foi bastante favorável para o Brasil no setor econômico, atingindo uma taxa de crescimento de 5% ao ano. Analisando este resultado podemos encontra alguns pontos de influência como: diminuição da taxa básica de juros; expansão do credito; aumento da demanda interna; aquecimento da economia mundial, entre outras variáveis. Porém tal crescimento não está atingindo amassa da população, que sufocada com a carga tributária vê sua renda sendo destinada aos cofres públicos e não tem o prazer de receber o retorno, tendo que, além de contribuir para os serviços públicos, custear, particularmente, necessidades básicas, como educação, saúde, segurança e etc. Observamos um crescimento dos gastos governamentais sem nenhuma racionalidade de gestão, impedindo a redução dacarga tributária. Podemos considerar que o atual sistema regressivo penaliza os mais pobres e algema o setor produtivo. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada IPEA, é necessário criar um teto para a carga tributária e assim cortar a fonte de aumento das dispensas, hoje o Estado consome 40% do PIB, onde devido o crescimento da economia dos últimos cinco anos, esta passando pordespercebido pela maioria dos Brasileiros. Concluímos que a alta incidência da carga tributária no PIB de uma nação é empecilho para o desenvolvimento e o aquecimento de sua economia, fazendo com que diminua a circulação de capital e até mesmo uma arrecadação quantitativa de tributos. Palavras Chaves: Carga Tributária. Crescimento Econômico. Reforma.
01 Introdução
Nunca se falou tanto, como nos últimosanos, sobre o elevado crescimento da carga tributária em nosso país. Tal assunto encontra-se estampado nos mais variados veículos da mídia, como também podemos encontrá-lo em teses e estudos de diversos grupos de pesquisa em economia e finanças. Agindo como um devorador do poder aquisitivo do povo brasileiro, a carga tributária vem absorvendo cada vez mais as parcelas de nosso PIB. Qual seria asolução para esse verdadeiro confisco que vem se tornando a tributação no Brasil?
O objetivo de nosso estudo é mostrar, de forma prática, a intervenção da carga tributária no crescimento econômico do país. Assim, discutindo o efeito da carga tributária na economia de uma nação, em especial no Brasil.
Pretendemos atingir, como resultado, o debate entre a sociedade e o Poder Legislativo, tendo comoconsequentemente resultado uma verdadeira e eficiente reforma tributária, possibilitando um aumento no poder aquisitivo do povo, causando o aquecimento na economia e assim gerando mais arrecadação por parte do Estado.
Para se chegar ao resultado foram utilizadas reportagens sobre o assunto, opiniões de especialistas e dados de órgão especializados em economia.
O ano de 2007 foi bastante...
tracking img