Reforma psiquiatria no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1264 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O movimento da reforma psiquiátrica no Brasil

O processo de reforma psiquiátrica iniciou-se nos anos 60, como um movimento que contestava a perspectiva medicalizante da doença mental, envolvendo propostas alternativas em relação aos manicômios. O chamado movimento anti-psiquiátrico percorreu vários países, com o intuito de dissolver a barreira entre assistentes e assistidos, abolir a reclusãoe repressão imposto ao paciente e promover a liberdade com responsabilidade dos pacientes, sendo que tais propósitos incluíam, ainda a prática de discussão em grupo, envolvendo uma postura essencialmente interdisciplinar.
Sendo que tal perspectiva foi desenvolvida em oposição ao reducionismo positivista, que percebia o fenômeno da doença mental como um fenômeno que se manifesta no nívelbiológico, em prejuízo das noções de ser, de existência e de integridade dos seres humanos.
No Brasil, a criação do SUS, em sintonia com a constituição de 1988, recomenda universalização do acesso aos serviços de saúde, a integralidade da atenção, a equidade e a hierarquização dos serviços, em um contexto descentralizado e municipalizado.
Assim como o SUS, a reforma psiquiátrica no Brasil consistiuem um processo que incluiu movimentos sociais e políticos, que desconstruíram tanto os conceitos de saúde em geral, como os de práticas em psiquiatria, em particular.
Em relação ao fenômeno da desospitalização, surgem novos serviços, denominados de CAPS e hospitais Dia. Os serviços são caracterizados como estruturas intermediárias entre a internação integral e a vida comunitária, sãoimpulsionados pelos projetos de reforma psiquiátrica, que vem sendo implementados em grande parte dos Estados Brasileiros.
Segundo o ministério da Saúde, a prevalência de transtornos mentais na população está em torno de 21,4%. Tais transtornos ocorrem de acordo com a seguinte distribuição: os severos e persistentes, que necessitam de atendimento contínuo estão em torno de 3%, os graves, decorrentes do usoprejudicial de álcool e outras drogas, em torno de 6%, os que necessitam de atendimento contínuo ou eventual correspondem a 12%, os relacionados a epilepsia correspondem a 1,4% do total.

Referencial metodológico e o campo de pesquisa

O campo da presente investigação é o CAPS de Andradas, oferecendo assistência na ocasião da pesquisa, a 45 pacientes distribuídos em regime de um ou doisturnos, respeitando os parâmetros estabelecidos pelo SUS.

O CAPS é composto por uma equipe interdisciplinar (psiquiatras, assistentes sociais, psicólogos, terapeutas, auxiliares de enfermagem, monitores sociais). Destes profissionais, somente os auxiliares de enfermagem e os monitores sociais não possuíam nível universitário.
Nessa pesquisa foram utilizados, procedimentos metodológicosinfluenciados pela perspectiva etnográfica, sendo os principais instrumentos o método da observação participante e as técnicas de entrevistas semi-estruturadas.
Todas as entrevistas, gravadas, foram realizadas individualmente no espaço do CAPS e em média, duraram aproximadamente noventa minutos cada. Um diário de pesquisa foi elaborado com o propósito de coletar as impressões extraídas da experiência depesquisa.

Apresentação e análise dos dados

Permite que a compreensão do fenômeno saúde-doença em termos ampliados e estabelece um limite a dimensão que define o processo saúde-doença em termos meramente biológicos. Sendo nesse caso, o foco necessário para o diagnóstico, tratamento e cura abrange as dimensões emocional, familiar, e social do paciente. Ao penetrar o modo de vida do paciente,a causa da doença mental torna-se complexa e passa a exigir uma aproximação interdisciplinar.
Observa-se nas entrevistas certo clamor para modificar a visão preconceituosa tradicionalmente aceita, inclusive por médicos e profissionais da saúde, que considera o doente mental como incapaz de socializar-se, incorporando em padrões de rejeição e isolamento. Nesse sentido há uma convicção...
tracking img