Reforma luterana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (313 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MARTINHO LUTERO

QUEM FOI MARTINHO LUTERO
Martinho Lutero foi um sacerdote agostiniano e professor de teologia alemão.  Ainda jovem, preocupado com sua salvação, tornou-se monge. Nosseus estudos percebeu que para ter o perdão de Deus não era necessário castigar, e sim ter fé  Em 1507, escreveu as 95 teses. No ano de 1517, publicou as teses. Elas foram consideradasum confronto a igreja, e Martinho Lutero foi excomungado, e considerado um criminoso.


No ano de 1520, escreveu três tratados, que deram início ao luteranismo e a reforma.  Em 1525,traduziu a Bíblia para o alemão.  Foi autor de várias obras, sendo que as principais eram um confronto a Igreja, e algumas a outros povos, como os judeus.  Lutero morreu em Eisleben, em18 de fevereiro de 1546. Depois de sua morte, agravaram-se as dissensões não só entre as igrejas protestantes, como no próprio luteranismo. A figura de Lutero permaneceu, porém, como a dogrande inspirador da Reforma.


MARTINHO LUTERO

AS 95 TESES


Foram textos onde Lutero registrou suas conclusões sobre a igreja católica da época. Ele comparou os ensinamentosde Jesus com os ditames da Igreja católica naquela época. Concluiu que a Igreja não seguia o evangelho de Jesus como deveria e além de tudo ainda usava os ensinamentos dele para obterriquezas dos nobres que não tinham conhecimento eclesiástico.

ALGUMAS TESES
21 - Eis porque erram os apregoadores de indulgências ao afirmarem ser o homem perdoado de todas as penas esalvo mediante a indulgência do papa.  27 - Pregam futilidades humanas quantos alegam que no momento em que a moeda soa ao cair na caixa a alma se vai do purgatório  45 - Deve-se ensinaraos cristãos que aquele que vê seu próximo padecer necessidade e a despeito disto gasta dinheiro com indulgências, não adquire indulgências do papa. mas provoca a ira de Deus.


tracking img