Reforma agraria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 54 (13359 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
REFORMA AGRÁRIA – O FIM DA LUTA DO ASSENTAMENTO LIBERDADE DO MUNICÍPIO DE PERIQUITO

REFORMA AGRÁRIA

RESUMO

A presente pesquisa busca desvendar o verdadeiro significado das lutas pela posse de terras. Sabe-se que em muitos países de primeiro mundo já houve a realização da Reforma Agrária, e que nestes países houve um grande aumento nas taxas de emprego e de melhoria na situação dostrabalhadores. Assim, procura-se uma resposta para a oposição que muitos fazem à Reforma Agrária no Brasil, já que este é um país com grandes riquezas e grandes proporções de terras produtivas inutilizadas. O que realmente se propõe neste trabalho é conhecer a realidade dos integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra e conscientizar à grande massa de brasileiros de que todos tem direitoa uma vida melhor.

ABSTRACT

For research search present unveil the true meaning of the fights by the earths ownership. It is known that in lots of countries from first world there was already the accomplishment of the Land reform, and that in these countries there was a great increase in the job rates and of improvement in the workers' situation. This way, search itself an answer for theopposition that many do the Land Reform in Brazil, since this is a country with great riches and great proportions of disposed of productive earths. what really we propose in this work is to know the reality of the members of the Action of the Rural Workers Landless and become aware for Brazilians' great Mass who all has right to a better life. For so much, it sought involve in the inhabitants'routine of the Pre-settling Freedom, in the Periquito’s municipal district, to appreciate your fight, their wishes and your reality, as much as members of the action how much your situation of pre-settlers.

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 6

1.1 DEFINIÇÃO DOS TERMOS 6

1.2 SITUAÇÃO PROBLEMÁTICA 7

1.3 CONTEXTUALIZAÇÃO 8

1.4 OBJETIVOS 10
1.4.1 Objetivo Geral 10
1.4.2Objetivos Específicos 10

1.5 JUSTIFICATIVA 11

1.6 METODOLOGIA 12

2. REVISÃO LITERÁRIA 15

2.1 EVOLUÇÃO GEOPOLÍTICA 15

2.2 HISTÓRIA DA REFORMA AGRÁRIA 19
2.2.1 O início da desigualdade 19
2.2.2 Conseqüências sociais desta lei 20
2.2.3 A proposta da Reforma Agrária 21
2.2.4 Década de 1960: o terceiro momento importante na história da questão agráriabrasileira. 23

2.3 MOVIMENTO DOS TRABALHADORES RURAIS SEM TERRA 24
2.3.1 O que é o MST e a que se destina? 24
2.3.2 Quem é considerado sem-terra pelo movimento? 26
2.3.3 A questão da pobreza 27
2.3.4 O poder da mídia: imagem distorcidas 28
2.3.5 Ação do MST em âmbito nacional 30

3. ANÁLISE DE DADOS 32

3.1 PRIMEIRA VISITA AO PRÉ-ASSENTAMENTOLIBERDADE 33
3.1.1 Apoio / Solidariedade 37
3.1.1 Origem dos integrantes 38
3.1.3 Organização interna 39

3.2 SEGUNDA VISITA AO PRÉ-ASSENTAMENTO: O FIM DA LUTA 42

CONCLUSÃO 48

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 49

1 INTRODUÇÃO

1.1 DEFINIÇÃO DOS TERMOS

Reforma Agrária - De acordo com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (2005), a reformaagrária é “uma ação estruturante, geradora de trabalho e renda e que reconhece a diversidade de segmentos sociais existentes no meio rural brasileiro”. E o Estatuto da Terra assim declara: “Considera-se Reforma Agrária o conjunto de medidas que visem a promover melhor distribuição da terra, mediante modificações no regime de posse e uso, a fim de atender aos princípios de justiça social e oaumento da produtividade." (Estatuto da Terra, 1964, Art.1º, §1º).

Movimento dos trabalhadores rurais sem terra – MST – Segundo o MST Brasil (2005), este movimento surgiu em 1980, com o objetivo de lutar pela posse de terra, onde os pequenos ruralistas poderiam trabalhar e produzir seu sustento e o de sua família. Para Poker (2003) “trata-se de um fenômeno social complexo, que possui uma...
tracking img