Reflexos posturais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1432 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1) Texto retirado do livro.
Brandão, J. S. Bases do tratamento por estimulação precoce da Paralisia Cerebral (ou dismotria cerebral ontogenética). São Paulo:Memnon, 1992.

DESENVOLVIMENTO DA AQUISIÇÃO DOS PADRÕES DE POSTURA

Ao terapeuta compete facilitar e guiar a formação dos diferentes padrões de postura em atraso e corrigir as anormalidades existentes. Assim sendo, precisaconhecer como são adquiridos, as condições necessárias para que as diferentes etapas do desenvolvimento sejam obtidas, os elementos responsáveis pela passagem de uma etapa a outra, e quais os diferentes estágios do desenvolvimento do tono postural que devem ser desenvolvidos.

1.Como o bebê adquire os diferentes padrões de postura.

Uma determinada postura é tomada pelaprimeira vez ao acaso pela ação da gravidade, quando os segmentos do corpo são passivamente nela colocados ou, ativamente, graças às atividades dos RT (Reflexos Tônicos) e dos RR (Reflexos de retificação).
É principalmente graças à combinação, à sucessão e a competição entre as respostas dos diferentes RP (reflexos Posturais) que a criança tomará pela primeira vez as posturas correspondentes àsdiferentes etapas que caracterizam o seu o seu desenvolvimento postural e passará de uma postura à outra: da posição deitada à sentada, de sentada à de pé etc.
Quando uma criança assume uma determinada postura reflexivamente, durante seu desenvolvimento normal, ela capta a imagem proprioceptiva correspondente à posição dos segmentos do seu corpo.
Uma vez adquirida a imagemproprioceptiva da postura, a criança passará a usá-la sob o controle do córtex. Quando ela for evocada a projetada no campo perceptivo e, em seguida, nas áreas efetuadoras do córtex frontal, servirá de modelo e estímulo para que a postura seja de novo tomada e mantida.
A princípio, a postura é tomada e será mantida pela atividade dos RP (Reflexos Posturais). Depois a postura serátomada e será mantida graças às imagens sensoriais proprioceptivas e elas correspondentes e já adquiridas. Finalmente, ela será tomada voluntariamente.
Para aquisição da imagem sensorial de uma postura, é necessário que a criança tenha oportunidade de tomá-la e mantê-la.
Quando colocamos uma criança em atitude prona e estimulamos as respostas do reflexo deretificação labiríntica (RRL), sua cabeça se eleva pela contração dos músculos extensores do pescoço, e se mantém na postura da da Figura 5, tendo assim oportunidade de captar e reter a imagem a ela correspondente. Com a percepção das sensações proprioceptivas despertadas pelo movimento de elevar a cabeça contra resistência da gravidade, a criança adquire a imagem do movimento de extensão da cabeçacontra resistência, e assim, graças ao movimento executado reflexamente pela ação do RRL, aprende a estender e se manter por momentos com a cabeça em extensão sob o controle cortical.
Uma vez adquirido o controle cortical de um determinado padrão de postura, esta poderá ser tomada e mantida, mesmo contrariando as atividades do reflexo postural que a determina, de início, graças àatividade das CSM já adquiridas e, posteriormente, pela ação da vontade.
Agora na postura sentada, a cabeça da criança poderá se manter semifletida, para olhar um objeto ou ver um desenho, contrariando assim a resposta do RRL, que tende a manter a cabeça ereta. Quando isto acontece, não podemos mais falar em resposta do “reflexo de retificação labiríntica”, mas em “resposta deretificação labiríntica” – resposta de RL.
Após a aquisição da coordenação visocefálica, a ação de olhar controlará corticalmente a resposta de RL e a postura da cabeça. A extensão da cabeça agora é graduada para a criança poder olhar os objetos que prendem sua atenção e não mais para manter reflexamente a cabeça na vertical.

2. Condições para que um padrão de postura possa ser...
tracking img