Reflexos da hora extra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1273 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nos dias de hoje, as Empresas tem que tomar muito cuidado com suas despesas e uma delas é a hora extra.
Tema: Quais os reflexos da hora extra, no resultado da EMPRESA.
Situação Problemática:
Nos dias de hoje, As Empresas tem que tomar muito cuidado com suas despesas, e uma delas é a hora-extra.
As Empresas, quando da entrega de seus produtos (industrializado ou de prestaçãode serviço), elaboram suas planilhas de custos, calculando o valor da matéria-prima, mão de obra, despesas com o prédio, outras despesas, lucro e tempo de processamento ou de entrega de um bem (industrializado ou prestação de serviço).
Se no processo produtivo/prestação de serviço, por motivo de força maior, prever que não irão entregar no prazo combinado, se verão ter que tomar decisões decomo contornar o problema, e uma delas será aumentar a carga horaria para manter o prazo de entrega.
É neste momento, que elas consultarão suas planilhas de custos, e verificarão se as despesas com hora-extra irá ou não influenciar no seu faturamento. Se for previsto atrasos em suas planilhas, não ira influenciar no seu faturamento, ou se terá que tirar do seu lucro, os prejuízos ora nãoprevistos.
Para evitar estas despesas extras, é pesquisar bem as despesas, conversar com o cliente, prever no processo produtivo/prestação de serviço, quais as eventuais condições excepcionais que poderá ocorrer.
O lançamento das horas extras em um orçamento é assunto controverso, cada empresa adota seu próprio critério, por isso, o aconselhável mesmo é não ser rígido com nenhum delese nem ser minucioso demais.
Problema: O quanto onera uma Empresa a hora extra, não programada.
Objetivo geral: O que é hora extra, como calcular e apresentar os reflexos das horas extras no resultado da Empresa.
Em Direito do trabalho, hora extra, consiste no tempo laborado além da jornada diária estabelecida pela legislação, contrato de trabalho ou norma coletiva de trabalho.Quando permitida, normalmente é paga com um valor adicional sobre a hora normal de trabalho.
* |
A prestação de labor extraordinário tem o limite diário máximo de duas horas.
O art. 59 da CLT - "A duração normal do trabalho poderá ser acrescida de horas suple- mentares, em número não excedente de 2 (duas), mediante acordo escrito entre empregador e empregado, ou mediantecontrato "coletivo de trabalho" determinou que a prorrogação de jornada de trabalho não possa ser superior a 2 (duas) horas diárias.
É admissível a prorrogação deste limite, mediante situação de força maior, serviço ina- diável ou prejuízos iminentes ao empregador. A referida exceção não é exposta de forma clara na lei (CLT art. 61), devendo ser utilizada com cautela e mantido em registroo fato que lhe deu causa, evitando assim eventual multa por parte da fiscalização.
Valor do adicional
Todo empregado que laborar em jornada elastecida terá direito a perceber um adicional de no mínimo 50% sobre o valor da hora normal, caso o trabalho seja efetuado de segunda a sábado, e de 100% aos domingos e feriados. Esses percentuais podem ser elevados por vontade do empregador,acordo entre as partes ou instrumentos normativos. Ao trabalha- dor menor de idade é vedado a prática de hora extra, salvo em condição excepcional de empregador.
Como calcular o valor da hora extra
Para uma jornada de trabalho semanal de 44 horas, por exemplo, divida essas horas por seis (referentes aos dias de trabalho da semana, pela legislação brasileira). Esse número deveser multiplicado por 30. O resultado será de 220 horas por mês, que é a base mensal em horas de 220. No caso de jornadas de 40 horas, a base será de 200 horas. Para saber o valor do salário por hora, divida seu salário mensal pela base mensal de horas trabalhadas (por exemplo 220). O resultado é o salário-hora. Agora basta multiplicar o salário-hora por 60%, 110% ou 150%, conforme o...
tracking img