Reflexao sobre a linguagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (434 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Reflexão sobre a língua
Em essência, para a consciência individual, a linguagem (...) coloca-se nos limites do território de outrem. A palavra da língua é uma palavra semi-alheia. Ela só se torna“própria” quando o falante a povoa com sua intenção, com seu acento, quando a domina através do discurso, torna-a familiar com a sua orientação semântica e expressiva. Até o momento em que foiapropriado, o discurso não se encontra em uma língua neutra e impessoal (pois não é do dicionário que ele é tomado pelo falante), ele está nos lábios de outrem, nos contextos de outrem e a serviço das intençõesde outrem: e é lá que é preciso que ele seja isolado e feito próprio. Nem todos os discursos se prestam de maneira igualmente fácil a esta assimilação e a apropriação: muitos resistem firmemente,outros permanecem alheios, soam de maneira estranha na boca do falante que se apossou deles, não podem ser assimilados por seu contexto e escapam dele; é como se eles, fora da vontade do falante, fossemcolocados “entre aspas”. A linguagem não é um meio neutro que se torne fácil e livremente a propriedade intencional do falante, ela está povoada ou superpovoada de intenções de outrem. Dominá-la,submetê-la às próprias intenções e acentos é um processo difícil e complexo.

(Mikhail Bakhtin. Questões de literatura e de estética, p. 100)







ATIVIDADE

Vamos começar nosso estudo comuma tentativa de definição do que seja esse misterioso atributo que todos nós temos de um modo bastante completo desde os dois anos de idade: uma língua humana. Considerando apenas a fala observe osexemplos seguintes:
1. Cara, eu conheço ele desdos tempos do colégio! A gente vai aumoçá sempre junto. Você já tinha visto ele?
2. O senhor me desculpe, mas eu não a vejo desde aquela época remota.Não obstante, poderíamos tentar um contato.
3. O senhô vai armoçá gorinha mesmo? Eu ponhei a chave bem debaxo do tapetinho. Despois nóis vorta.
4. Vós poderíeis dizer-me que estou equivocado....
tracking img