Reflexão sobre o texto “para entender a mudança linguística”

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1423 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTOS PARA REFLEXÃO E DISCUSSÃO
1. Quanto mais antigo é um texto mais evidencia que a língua muda constantemente:
O texto é a unidade escrita de uma língua. Ela evidencia a linguagem utilizada naquele momento histórico; portanto, quando se compara textos de diferentes épocas, tem-se a certeza de que a língua está em constante mudança.
Depende do tempo em que um texto foi escrito, suacompreensão, para nós, na atualidade, torna-se complicada. Basta dar a um aluno um texto escrito por poetas do Romantismo, por exemplo, e deixá-los à própria sorte compreendê-lo. Com certeza, demorarão bastante tempo nessa empreitada.

2. A língua é por sua natureza estática, quem a torna dinâmica são os usuários.
Sozinha, uma língua não pode mudar, pois ela é um emaranhado de símbolos e signosutilizados pelo homem para a comunicação. Ela, por si só, não possui vida própria, o ser humano é que lhe confere a mutabilidade da mesma quando a utiliza para se comunicar.
Logo, enquanto houver pessoas falando certa língua, esta sofrerá modificações constantes, de acordo com as necessidades de cada contexto histórico e social.
Exemplo prático está na palavra você. Essa palavra passou por diversasmudanças, até chegar no vc (da internet) e no cê (falado pelos usuários da língua portuguesa, atualmente).
Tudo começou com vossa mercê, depois veio vossemecê, vosmecê, até chegarmos ao pronome de tratamento "você". A bibliografia de datação mais antiga remonta ao ano de 1665, com vossancé (através de D. Francisco Manuel de Melo, em o Auto do Fidalgo Aprendiz (Lião). Posteriormente, em 1721,vossancê, e, 1721 vossê. (ALVES, 2004, p. 45).

3. A mudança e o resultado de: competição, concorrência e vitória de uma forma nova sobre a antiga.
Cada grupo social que compõe a sociedade possui uma maneira característica de se expressar oralmente. Então, quando acontece uma mudança lingüística, o processo não ocorre todo de uma só vez. Certos grupos adotam rapidamente a mudança, outros intentamconservar a forma antiga de expressão. Nesse caso, acontece uma competição, uma concorrência entre a forma de falar nova e a variante que já existe.
Com o passar do tempo, a forma inovadora de expressão da língua acaba suplantando a antiga, ou seja, a variante nova tem uma vitória por sobre a conservadora.
O exemplo da palavra você também se aplica a esse caso. A trajetória da mudança foiespecificada no item 2.

4. Nada na língua é por acaso. Tudo tem lógica e explicação como nas ciências exatas.
Tudo o que acontece em uma determinante língua materna não é aleatoriamente, pois uma mudança na língua nada tem de casual ou inesperado. A língua é passível de estudos e explicações, assim como suas mudanças. Isso demonstra que a língua, assim como as ciências exatas, possui fundamentação etudo é explicável nela.
Um exemplo prático é a transformação do indo-europeu em latim, o latim em português, o qual, no futuro, não será a mesma linguagem de hoje.

5. O processo de mudança explicado através da metáfora calçada/ atalho.
Por causa da lei do menor esforço, criada pelo italiano Vilfredo Pareto (1848-1923), segundo o qual 80% do que uma pessoa realiza no trabalho vêm de 20% do tempogasto nesta realização, a maior parte das pessoas tendem a aderir à nova forma da língua por ser, normalmente, mais fácil que a anterior e mais rápida para o uso oral.
Então, quem fica utilizando a forma antiga anda pela calçada, fazendo todo o trajeto mais cansativo, enquanto quem pega um atalho é aquele que usa a forma nova ou a palavra nova.
Um exemplo é a comunicação pela internet. Aspessoas que aderem ao chamado MSN (serviço de correio eletrônico e conversação virtual) ou adere à forma da escrita dos internautas (atalho) ou tornar-se-á vagaroso demais durante as conversas (percurso da calçada).

6. Estabelecimento de relações entre:
• Mudanças e gerações jovens;
Para reconhecer as mudanças da linguagem em ocorrência basta prestar atenção à linguagem usada pela geração jovem...
tracking img