Referencia bibliografica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1443 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)

Revisão da Kalanchoe


Aluno: Rodrigo Melonº: 20091120

Belém

Introdução.
A floricultura, em seu sentido amplo, abrange o cultivo de plantas ornamentais, desde flores de corte e plantas envasadas, floríferas ou não, até a produção de sementes, bulbos e mudas de árvores de grande porte. É um setor altamente competitivo, que exige a utilização de tecnologiasavançadas, profundo conhecimento técnico pelo produtor e um sistema eficiente de distribuição e comercialização.
No início deste século a floricultura constituía-se principalmente do cultivo de flores nos jardins e quintais das residências, onde desempenhava função paisagística ou, quando colhidas, empregadas na decoração de interiores. Destacava-se, nesta época no Estado de São Paulo, a firmaDIEBERGER, fundada em 1893, que embora praticando a floricultura como atividade paralela à fruticultura, seu forte, formou outros produtores de renome tais como os irmãos Boettcher, seus empregados até 1929 quando iniciaram seu próprio negócio, hoje a conhecida "Roselândia" e, no Estado do Rio de Janeiro, o "Orquidário Binot", em petrópolis o mais antigo do Brasil, existindo desde a época doImpério.
Com a especulação imobiliária, as chácaras e as grandes mansões foram sendo gradativamente substituídas por conjuntos residenciais, privando parte da população da possibilidade de cultivar flores para o seu consumo. Houve, desse modo a necessidade de um suporte representado pelo cultivo em escala comercial de plantas ornamentais diversas.
O Kalanchoe e uma dessas flor ornamentais, foiintroduzido em Ptsdam, Alemanha e, 1932 por Robert Blossfeld (Broertjes & Leffring, 19721 citado por Love, 1980), o kalanchoe é a muito tempo considerado como flor de vaso. Muitas mutações e híbridos foram desenvolvidos por floricultores a partir da Kalanchoe blossfeldiana.


Característica.
Nativa do Madagascar, planta suculenta que requer alta intensidade de luz (50.000 lux), e necessita dedias curtos -12 horas e temperatura noturna de 17ºC para rápido florescimento. Um período de 6 semanas consecutivas de fotoperíodo (dia curto = DC) é necessário para o florescimento com temperatura de 17ºC. São necessárias 14 semanas a 13ºC para florescer. Novas cultivares e híbridas são propagadas por estaca terminal, porém são obtidos de viveiros de plantas jovens em vaso. Plantas matrizes sãomantidas sob dias longos (DL), como ocorre com o crisântemo. Para propagação via sementes, a temperatura ótima para germinação (10 dias) sob luz, é de 21ºC com adequado substrato. As pequenas sementes são semeadas na superfície do solo sob local protegido. O tempo para propagação é de 14 a 21 dias quando realizada por estaquia terminal. Plantas jovens são mantidas sob alta intensidade de luz, sobcondições de dias longos (Hartmann et al. 1988).
Forma de Propagação.
A propagação da Kalanchoe, pode ser realizado de duas forma, Propagação por Semente e Propagação Vegetativa .
Propagação Por Semente.
Inicialmente a propagação por sementes foi o melhor método para propagação do kalanchoe a nível comercial. Na Europa já se propagava o Kalanchoe blossfeldiana via sementes. Em 1932 na Alemanha,inúmeros híbridos de kalanchoe foram introduzidos para produção comercial. As sementes de Kalanchoe são extremamente pequenas possuindo 2,5 milhões de sementes em 28 gramas. Nos EUA as sementes são semeadas de janeiro a julho (Hartmann et al. 1988).
SCHWABE (1985), cita que o kalanchoe pode ser propagado por sementes, as quais são bastante pequena, requerendo luz para germinação. A germinação...
tracking img