Redes politicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (942 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA DO ARTIGO
O DESAFIO DA GESTÃO DAS REDES DE POLÍTICAS
Canella, F. N. A.

Tudo que é complexo sempre é explicado por algo simples, como ANDRADE (2010: p.01), no inicio de seu artigo noJornal A Gazeta, explica que “tal qual uma criança colocando as peças de dominó em pé, uma após a outra e após um malicioso peteleco, gargalha ao ver uma a uma derrubar a sua posterior...” e assimentende-se o que é a interdependência e a globalização.
Normalmente, “fenômenos recentes são vistos e observados como se outrora nada antes existisse, é uma praxe humana”, explica o arqueólogo PHILPS (1999:p. 32) falar de sistemas policêntricos, em redes e movimentos políticos, campos gerenciais depois da Grécia e de Roma terem criado o sistema de matriz e sucursais, distritos, postos avançados,alfândega, tributos e outros itens organizacionais, é realmente ignorar a própria história, ou seja, querer reinventar a roda.
Mas, afastado a questão histórica, e concentrado na proposição, conceitos edesafios que essa nova dinâmica propõe dentro das estruturas modais engessadas que existem no meio. Uma vez que se busca uma gestão pública integrada, seja federal, estadual e municipal ou interligadodentro de seus organogramas, vale lembrar, DIOSTENES, pensador grego, que “o político tem por razão a centralização de suas ações para primeiro lhe expor” sendo assim, num emaranhado de costuraspolíticas, vários tendo que colocar de lado suas vaidades e perder a centralização e a exposição do seu eu, em prol de um bem maior, é o contra-ponto de sua existência política, o grupo e a integração expõe oconjunto e não o eu, desafio maior intrínseco, mesmo sabendo que os meios de comunicação empurram todos para a inter-relação.
Como Delphin Neto mesmo pregoava em seus discursos, “falar em emergênciana America Latina e no Brasil é pleonasmo”, mais ainda no contexto da emergência do fenômeno e dos choques de sistemas modais, publico e privado, CHIAVENATO (2001: p. 115) alerta que “sem...
tracking img