Redes opticas inteligentes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2699 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Redes Ópticas Inteligentes |
Engenharia Elétrica |
|
Seriam as redes ópticas inteligentes a solução para o futuro das telecomunicações, deveríamos substituir nossos cabos coaxiais por cabos de fibra óptica para suprir a grande demanda de transferência de dados nos dias de hoje? Nessa será apresentado pós e contras sobre as redes ópticas inteligentes e sobre a implantação das mesmas nosdias de hoje. |
|
|
20/05/2010 |
|

A cada dia que passa a modernização dos meios de comunicações mudam tentando alcançar mais velocidade e mais modernidade para suprir a demanda da sociedade atual, onde precisamos de mais velocidade e mais versatilidade nas redes para que possamos passar mais dados simultaneamente, assim sendo possíveis internets mais rápidas e com capacidade detransmissão de mais dados por segundo.
Introdução
Com as redes de fibras ópticas inteligentes, podemos substituir muitos cabos pesados e que ocupam muito espaço por um simples cabo onde possa ser transmitido um grande numero de informações simultaneamente, e é uma ótima opção para uma grande empresa onde precisa estar em contato com todas as suas filiais em todo o mundo, usando comunicação de voz evídeo, que seriam mais rápidas e com mais definição assim dando espaço para maiores modernizações na área de comunicação intercontinental, por exemplo, deixando a voz e a imagem mais próximas à realidade.
O objetivo desse trabalho é estudar como as redes ópticas inteligentes podem ser úteis no futuro para e quais as vantagens e desvantagem de sua implantação, e se a mesma compensa nos diasatuais ou em um futuro próximo.

O problema a ser estudado nessa pesquisa é: Será que nos dias de hoje, vale a pensa em relação aos custos de projeto, manutenção dessa rede, risco de quebra da fibra óptica entre mais outros problemas, realizarem a implantação de uma rede óptica inteligente ou a melhor opção seria ainda o cabo coaxial?

Desenvolvimento
Capitulo I – Uma breve explicação sobrecabos de fibra ótica
As primeiras experiências de transmissão de luz através do vidro, atribuídas ao alemão Lamb, ocorreram em 1930. Entretanto, o termo fibra óptica só surgiu em 1953, quando Kapany inventou o fibercope. Esse dispositivo permitia a transmissão de imagens através de um feixe flexível de fibra de vidro. Nessa época, a perda de potência luminosa apresentada pela fibra de vidro era daordem de milhares de decibéis por quilômetro, restringindo o seu uso a distâncias menores que 1 metro.
Até o final da década de 1960, as pesquisas e aplicações da fibra óptica não obtiveram resultados importantes para a sua utilização em sistemas de comunicação. Nesse período, a tecnologia optoeletrônica avançou até o desenvolvimento dos primeiros dispositivos emissores de luz em estado sólidocomo o LED e o Laser. A potência de luz emitida pela fonte Laser permitiu conceber sistemas de comunicação ópticos de longo alcance e grande capacidade de transmissão de informação.
Em 1966, Kao e Hockman, na Inglaterra, apresentaram um trabalho que indicava a possibilidade de utilização de fibras ópticas em sistemas de longa distância. Eles mostraram que a grande atenuação da luz nas fibras devidro, até então observadas, não era intrínseca ao material, mas principalmente devido à presença de impurezas. Concluía-se que através da purificação do material básico da fibra podia-se alcançar atenuações inferiores a 20 dB/km, limite que viabilizava, na época, a sua utilização em sistemas de comunicação.
A partir de então, esforços foram realizados com o objetivo de melhorar o tempo deresposta dos LED’s, Lasers e fotodetectores. Ao mesmo tempo, procurava-se melhorar as fibras ópticas, diminuindo sua atenuação e dispersão. Hoje, consegue-se fabricar fibras com atenuação de 0,2 dB/km. Graças a isso a utilização de sistemas ópticos é cada vez mais freqüente, principalmente nas transmissões de longa distância que demandem grande fluxo de informação.
Capitulo II - Demanda por redes...
tracking img