Redes industriais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1739 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Politécnica de Campinas

TENDÊNCIAS DA AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL
REDES INDUSTRIAIS

ALEXANDRE EDUARDO BRANDINO – RA 30900235
ANDRÉ LUÍS MARAIA – RA 30900261

CAMPINAS, 2011

Faculdade Politécnica de Campinas

ALEXANDRE EDUARDO BRANDINO – RA 30900235
ANDRÉ LUÍS MARAIA – RA 30900261

TENDÊNCIAS DA AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL
REDES INDUSTRIAIS

Trabalho de Pesquisa apresentado aoCurso de Tecnologia de Automação Industrial da faculdade Politécnica de Campinas na disciplina de Sistemas de Aquisição de Dados.

Profº Orientador: Leandro Cunha da Silva

CAMPINAS, 2011
Resumo

Atualmente é muito comum vermos máquinas equipadas com PLC’s conectadas a uma rede de comunicação que, além de controla-las, envia e recebe informações sobre manutenção e produção. Desta forma damos onome de “redes industriais” a todo grupo de equipamentos e dispositivos utilizados entre si com o objetivo de trocarem informações em ambiente industrial, sendo que, esta pesquisa explora de forma sucinta a utilização e funcionamento das principais redes de comunicação, dando uma visão generalizada de suas características e aplicações em âmbito industrial, destacando os diferentes protocolos emeios de conexão utilizados conforme a necessidade de cada ambiente, mostrando também um histórico de crescimento e desenvolvimento das redes industriais.

Palavras-chave: redes industriais, automação, protocolos de comunicação, PLC, controle.

sumário

1. introdução 5
1.1 visão geral 5
1.2 histórico 6

2. revisão bibliográfica 7

3. conclusão analítica 10

4. referências 10

5.Anexos 11


1. Introdução
1.1 Visão Geral

Dentro do conjunto de características interessantes para um profissional da área de Automação Industrial, está o conhecimento a respeito de redes, sobretudo aquelas utilizadas no ambiente industrial.
Este é claramente um diferencial, pois programar um PLC não é uma tarefa muito difícil, especialmente se existe um descritivo funcional bemelaborado do sistema a ser automatizado e se o profissional tem algum conhecimento do equipamento que será programado. Essa habilidade ajudará o profissional a resolver cerca de 30% dos problemas que ocorrem durante um start-up de um sistema automatizado.
Os conhecimentos em elétrica também são muito importantes, pois por muitas vezes os profissionais quebram a cabeça revisando a lógicaimplementada que não estava funcionando, quando na verdade o problema era físico (um sensor ligado errado, um contato invertido ou algo parecido).
Assim, o conhecimento em redes industriais também é muito importante, sobretudo nos tempos atuais em que o sistema de automação não só controla um determinado processo ou equipamento, mas também pode alimentar todo um sistema gerencial de manutenção ou mesmo emrelação ao negócio da empresa, com dados de produção, matérias primas consumidas, disponibilidade de equipamento, etc., atualizados em um curto espaço de tempo. Para que isso seja possível, as redes de comunicação são um forte aliado.

1.2 Histórico

Sala de controle central

- Quilômetros de cabos
Milhares de conexões = pontos de falha- Centenas de indicadores
Difícil compreensão
Alta probabilidade de erro de operação

- No máximo, controle automático
Coleta manual de dados p/ relatório
Difícil rastreabilidade


Fatores de mudança

Ambiente de maior Competitividade

- Redução de custos
ImplementaçãoManutenção

- Manutenção da qualidade dos produtos

Revolução da Informática

- Integração de circuitos em larga escala

- Utilização de computadores na indústria

- Surgimento dos microcomputadores

- Redes de comunicação digital

Estágio atual

Controladores Programáveis

- Substituição dos painéis de relés...
tracking img