Redes computacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2759 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 3
2 PROJETO DE REDES 4
2.1 Objetivo 4
2.2 Meta 4
3 GLOSSÁRIO 4
4 CRIAÇÃO DO BACKBONE NO PACKET TRACER 5
4.1 Itens 5
4.2 Configuração de Router 6
5 CONFIGURAÇÃO 8
5.1 Interligação dos aparelhos. 8
5.2 Configuração do Host 9
5.3 Configurando o roteador novamente 9
6 TESTES 12
6.1 Pings (10x) e Telnet – Rede Curitiba 13
7 COMANDOS DE REDE 17
8 RELATÓRIO DEERROS COLETIVOS EM SALA 21
9 CONCLUSÃO 24
10 ANEXOS 25

1 INTRODUÇÃO



O objetivo deste projeto é criar uma rede fictícia entre duas cidades, Curitiba e Toledo.
Montar um backbone (traduzindo para português,espinha dorsal, embora no contexto de redes signifique rede de transporte) não é nada fácil, mas também não é um “bicho de sete cabeças”.
Para melhor compreensão doassunto explanamos de forma resumida alguns conceitos básicos de redes, desde montagem física, configuração de host, configuração de router, interligação de switches, testes, entre outros.
Vamos falar sobre o assunto de forma sucinta e clara, com os comentários, críticas e idéias dos alunos envolvidos.








2 PROJETO DE REDES



2.1 Objetivo

Entender como épossível acessar e manipular sites e hosts que muitas vezes se encontram a uma distância relativamente grande de nós.
Saber como realizar a conexão de um ponto para outro, fazendo a interligação entre os aparelhos e a configuração necessária para que esta comunicação seja possível.



2.2 Meta

Ao fim de toda a montagem e configuração ter uma conexão estável com a outra ponta, demodo que seja possível realizar acessos remotos e transferência de dados entre outros.



3 GLOSSÁRIO


1) Backbone: Significa “espinha dorsal”, é o termo utilizado para identificar a rede principal pela qual os dados de todos os clientes da Internet passam.


2) Roteador: No inglês router, (ou encaminhador) é um equipamento usado para fazer a comutação de protocolos, acomunicação entre diferentes redes de computadores provendo a comunicação entre computadores distantes entre si. São dispositivos que operam na camada 3 do modelo OSI. A principal característica desses equipamentos é selecionar a rota mais apropriada para encaminhar os pacotes recebidos. Ou seja, escolher o melhor caminho disponível na rede para um determinado destino.


3) Switch: É umdispositivo utilizado para reencaminhar módulos (frames) entre os diversos nós. Possuem portas, assim como os concentradores (hubs) e a principal diferença entre eles, é que o switch segmenta a rede internamente, sendo que a cada porta corresponde um domínio de colisão diferente, o que significa que não haverá colisões entre os pacotes de segmentos diferentes — ao contrário dos hubs, cujas portaspartilham o mesmo domínio de colisão. Outra importante diferença está relacionada à gestão da rede, com um switch gerenciável, podemos criar VLANS, deste modo a rede gerida será divida em menores segmentos.


4) Modem: Vem da junção das palavras modulador e demodulador. Ele é um dispositivo eletrônico que modula um sinal digital em uma onda analógica, pronta a ser transmitida pela linhatelefônica, e que demodula o sinal analógico e o reconverte para o formato digital original. Utilizado para conexão à Internet, ou a outro computador.


5) Site: É um conjunto de páginas web, isto é, de hipertextos acessíveis geralmente pelo protocolo HTTP na Internet. O conjunto de todos os sites públicos existentes compõe a World Wide Web.


6) Host: É qualquer máquina oucomputador conectado a uma rede. Os hosts variam de computadores pessoais a supercomputadores, dentre outros equipamentos, como roteadores.
Todo host na internet precisa obrigatoriamente apontar (representar) um endereço IP. Através do comando Ping ou WHOIS podemos obter mais informações sobre o endereço IP de determinado Host.


7) IP: Protocolo de Internet (em inglês:...
tracking img