Recuperação e conservação de

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 70 (17309 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAÇÃO COMUNITÁRIA DE ENSINO SUPERIOR DE ITABIRA – FUNCESI
FACULDADE ITABIRANA DE DESENVOLVIMENTO DAS CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS – FATEC





IVANIR JÚNIO DA FONSECA AMÉRICO






RECUPERAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE NASCENTES NO “PROJETO MÃE D’ÁGUA”






















Itabira
2010
IVANIR JÚNIO DA FONSECA AMÉRICO














RECUPERAÇÃO ECONSERVAÇÃO DE NASCENTES NO “PROJETO MÃE D’ÁGUA”


Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade Itabirana de Desenvolvimento das Ciências e Tecnologias para obtenção do título de Bacharel em Engenharia Ambiental.

Orientador: Filipe Lima Dornelas








Itabira
2010

IVANIR JÚNIO DA FONSECA AMÉRICO














RECUPERAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE NASCENTES NO“PROJETO MÃE D’ÁGUA”


Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade Itabirana de Desenvolvimento das Ciências e Tecnologias para obtenção do título de Bacharel em Engenharia Ambiental.










Itabira
2010





































Aos meus pais e irmãos, pelo apoio e incentivo irrestrito em todos momentos da minha vida.AGRADECIMENTOS


A Deus, pois sem ele não teria chegado até aqui.

Aos mestres da Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira.

A equipe técnica de funcionários do SAAE sempre prestativos às solicitações, em especial ao tio Dartison.

Aos meus familiares e amigos, companheiros de todos os momentos.

A meus colegas de trabalho, pela grande contribuição profissional.

Atodos que de maneira direta e indireta contribuíram para a realização deste trabalho.
























































De cada cem árvores antigas restam cinco testemunhas acusando o inflexível carrasco secular. Restam cinco, não mais. Resta o fantasma de orgulhosa floresta primitiva.

(Carlos Drummond de Andrade)RESUMO

A Sub-bacia do Ribeirão Candidópolis é responsável atualmente por 55% do abastecimento público da cidade. Entretanto, devido ao uso e ocupação desordenada do solo a bacia está ameaçada e corre risco de ter suas águas irremediavelmente comprometidas nos quesitos de qualidade e quantidade. O presente trabalho tem como objetivo geral a avaliação dos impactos do projeto de gestão e recuperação denascentes “Mãe D’água”, implantado em Itabira-MG na Sub-bacia do Candidópolis, mais especificamente nas microbacias do Contendas e Córrego do Meio pelo SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) em 2006. Para alcançar os objetivos da pesquisa analisou-se dados hidrológicos de precipitação e vazão nas microbacias em questão, no período de outubro de 2006 à junho de 2010. O estudo foi complementadopor pesquisa de campo, investigação documental e pesquisa bibliográfica, que permitiu fazer o diagnóstico da área de estudo. Os resultados obtidos na análise hidrológica apontam para uma maior regularidade de vazão nos períodos de estiagem após a implantação do projeto. Com quatro anos de projeto já se percebe melhor qualidade ambiental da área onde o projeto foi implantado. Porém, é importanteressaltar que o projeto hoje contempla apenas um fragmento da Sub-bacia do Ribeirão Candidópolis. Para se obter um melhor resultado faz-se necessário a implantação do projeto na Sub-bacia do Ribeirão Candidópolis como um todo. E, além disso, elaborar e implantar um conjunto de normas para disciplinar o uso e ocupação da área, permitindo o uso múltiplo da bacia, ressaltando e garantindo, sobretudo, ouso prioritário da água para abastecimento humano.

Palavras-Chave: Áreas degradadas. Nascente. Preservação. Projeto Mãe D’água. Recuperação.

















ABSTRACT


The Sub-basin Ribeirão Candidópolis is currently responsible for 55% of public supply in the city. However, due to the use and disordered occupation of the basin soil is threatened and in danger of...
tracking img