Recuperação do rio itapecerica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1961 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
TECNOLOGIA DE GESTÃO AMBIENTAL

XXXXXXXXXXXX – XXXXXXXXXXX

RECUPERAÇÃO DO RIO ITAPECERICA

Belo Horizonte
2011

RECUPERAÇÃO DO RIO ITAPECERICA

Trabalho apresentado ao curso de Tecnologia em Gestão Ambiental da xxxxxx – xxxxxxxxxxxxxxx para a disciplina Gestão de Recursos Hídricos, Gestão de Resíduos Sólidos, Elaboração e Análise de Projetos deConservação e Proteção Ambiental, Estatística.
Professores: xxxxxxxxx e zzzzzzzz,

Belo Horizonte
2011

INTRODUÇÃO:

O rio Itapecerica percorre um trecho de aproximadamente 29 quilômetros em Divinópolis, no estado de Minas Gerais. É a principal fonte de abastecimento do município e recebe 100% do esgoto sem tratamento de uma população de 200 mil habitantes.
Em 15 de maio de 2011, fiz umapesquisa de campo para conseguir dados de poluições neste rio e obtive a seguinte constatação:
A água que corta 18 quilômetros da área urbana já não esconde mais a poluição. Em alguns locais é possível registrar o esgoto despejado diretamente no rio.
A costureira Fernanda Oliveira, que mora às margens do Itapecerica, não suporta mais o mau cheiro e os insetos que povoam aquela região.
Desde aúltima enchente, em dezembro de 2008, quando o rio subiu cerca de sete metros, o cenário de um dos cartões postais de Divinópolis piora a cada dia. A imagem é de destruição.
Através do percurso do rio o cenário vai piorando. No Parque da Ilha, em vários pontos, o barranco cedeu. Nas margens, muito lixo e entulho e, nos afluentes, as imagens são ainda piores. Pouca água e muita sujeira. Noencontro do córrego com o leito do rio a água chega a mudar de cor.
E o que todos que passam pelo local percebem claramente que a cada dia o volume da água diminui.
O último levantamento feito no rio, pela Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG), registrou o nível de um metro e oito centímetros, quando a média para esta época do ano é de um metro e trinta centímetros. Mas quem mora na região nãoprecisa dessa medida para saber que a água está acabando.
Observa-se que resíduos de construção civil e terras as margens depositadas sem controle ou fiscalização, são levados pelas enchentes e se acumulam na parte baixa da ponte mudando o curso do rio. Em um dos trechos corre apenas um filete de água.
Com o desenvolvimento das cidades ribeirinhas e, principalmente, de Divinópolis, houveaumento da carga poluente no rio Itapecerica, levando à situação atual. Com efeito, este rio recebe muito esgoto in natura.

REFERENCIAL TEÓRICO:

Divinópolis completa 98 anos e, desde sua emancipação, vem causando a morte de um gigante. O Rio Itapecerica sofre com o rápido desenvolvimento da cidade, e, há anos, fala-se em despoluição para evitar que este se torne mais um rio que perde totalmente aoxigenação de suas águas. Mesmo com a ação de ONGs, como S.O.S. Rio Itapecerica, que tentam alertar para a poluição e a degradação, o quadro não melhorou nos últimos anos.
De acordo com o presidente da ONG, Jairo Gomes Viana, que monitora o rio há 11 anos, a situação só vem piorando de lá para cá. Segundo ele, os principais problemas do Itapecerica são o assoreamento e o esgoto jogadodiretamente nele. Também o descaso da população e dos órgãos públicos para com o rio mata-o a cada dia. (Vinícius Luz – Jornal Agora, 2011)

O Rio Itapecerica encontra-se em um estado lastimável. Em uma escala de poluição que varia entre um a cinco, o nível verificado no rio que corta a cidade é quatro. Todo o esgoto corre diretamente para o rio, sem nenhum tratamento prévio, poluindo assim cada vezmais a fonte de água da cidade. Campanhas de conscientização, recuperação de matas ciliares, encostas e margens, desassoreamento, recuperação de nascentes, tratamento de esgoto industrial e doméstico são algumas das iniciativas que precisariam ser tomadas urgentemente para a recuperação do rio.(Edu Bio, 2011)

No Rio Itapecerica, barreiras não conseguem conter o óleo que estava armazenado há um...
tracking img