Reconstrução histórica do serviço social e suas relaçoes com as classes sociais

Páginas: 40 (9804 palavras) Publicado: 12 de outubro de 2011
-------------------------------------------------
Parte superior do formulário

Teoria da Personalidade - GeralUma base para refletir sobre nossa Personalidade
| Personalidade | | |

A busca por explicações sobre a personalidade parece ter mobilizado as mais diversas áreas do conhecimento humano desde sempre e a tendência em classificar pessoas é tão antiga quanto a humanidade. Ninguém,absolutamente ninguém, deixa de classificara as pessoas que conhece, ainda que intimamente, involuntariamente e até inconscientemente. Todos nós temos uma espécie de arquivo subjetivo das pessoas que julgamos explosivas, simpáticas, sensíveis, desleais, preocupadas, ansiosas, mentirosas, amorosas e assim por diante.
Na Grécia, Hipócrates (460-377 a.C.), considerado o pai da medicina,classificava a personalidade em quatro tipos, de acordo com a presença de determinadas substâncias no organismo. No século XVII, o filósofo John Locke foi um dos primeiros a teorizar que a mente humana nasce vazia, como um papel em branco, e que a personalidade seria fruto das experiências. Logo depois, o francês Jean Jacques Rousseau criou o conceito do bom selvagem inspirado nas descobertas de povosindígenas nas Américas. Para ele os humanos nasceriam inocentes e pacíficos. Males como ganância e violência seriam produto da civilização.
Um dos aspectos da tendência universal de classificar os outros se baseia em traços da personalidade. Hipócrates começou com essa tendência classificatória através de sua teoria dos quatro humores corporais - sangue, fleuma, bile branca e bile negra – segundo aqual, a predominância de qualquer um desses quatro humores caracterizaria o temperamento das pessoas, bem como a inclinação para determinadas doenças.
O primeiro cientista da era moderna a estudar seriamente a questão da natureza versus criação foi o inglês Francis Galton (1822-1911), no fim do século XIX. Pioneiro no estudo de irmãos gêmeos, Galton, primo de Charles Darwin, pretendia mostrar que ainteligência e os talentos da elite intelectual inglesa eram passados de pai para filho.
No Renascimento e na era moderna, o debate se deu principalmente em torno do grau de participação que a natureza e o ambiente teriam na formação da personalidade. Por muito tempo os intelectuais insistiam na tese da personalidade humana ser produto exclusivo do ambiente. Talvez essa insistência tenha sido umaatitude inconsciente de reagir à série de discriminações e atrocidades cometida na Europa e Estada Unidos durante boa parte do século 20 com propósitos étnicos. Em episódios que espocavam aqui e ali, geralmente revelados apenas décadas mais tarde, judeus, ciganos, negros, deficientes físicos, homossexuais e outros grupos étnicos ou estigmatizados foram esterilizados ou mortos para evitar quetransmitissem seus genes à posteridade. O apogeu trágico e brutal dessas atitudes pretensamente eugênicas ocorreu na Alemanha nazista.
Baseado na teoria de Hipócrates, Cláudio Galeno (131-200 DC), em sua monografia "De Temperamentis" desenvolveu a primeira tipologia do temperamento. Descreveu quatro temperamentos básicos (que se desdobravam em nove e não vêm ao caso aqui): sanguíneo, bilioso oucolérico, melancólico e fleumático.
Immanuel Kant (1724 – 1804), mil e quinhentos anos depois, aprimorou as características dos quatro tipos de temperamento citados por Galeno. O tipo sangüíneo é caracterizado pela força, rapidez e emoções superficiais. O tipo melancólico, designado pelas emoções intensas e vagarosidade das ações. O tipo colérico, rapidez e impetuosidade no agir e o fleumático,caracterizado pela ausência de reações emocionais e vagarosidade no agir.
DNA E PERSONALIDADE  
Na metade do século XX até agora, a partir da descoberta da estrutura do DNA pelo americano James Watson e pelo inglês Francis Crick em 1953 até o mapeamento completo do genoma humano, em 2003, abriu-se um campo de exploração sem precedentes para entender as origens biológicas da personalidade. Hoje se...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!