reciclagem de pneus


Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL
Centro de Estudos Ambientais do Vale do Paraíba – CEAVAP
Faculdade de Roseira – FARO


Pós-Graduação em Gestão Integrada
Disciplina: Tecnologia de Controle da Poluição do Solo – 2012
Prof. Luis Gustavo G. Mendes



Reciclagem de Pneu





Gisele Quissak1
Letícia Faria2
Regiane Carvalho3
Renata Galvão4




1giquissak@gmail.com
2 leticiafaria.arquiteta@gmail.com
3 regiane.ac@bol.com.br
4 re-bio@hotmail.com

SUMÁRIO

RESUMO


CAPÍTULO I

1. INTRODUÇÃO

1.1 Problemática


CAPÍTULO II

2. DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: RECICLAGEM COMO ALTERNATIVA DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

2.1 Resíduos sólidos e processo de reciclagem


CAPÍTULO III

3. PRODUÇÃO DE PNEUS E A PROBLEMÁTICA DOS PNEUSINSERVÍVEIS

3.1 Pneu: sua origem e composição
3.2 Produção de pneus no Brasil
3.2.1 Destinação final dos pneus inservíveis no Brasil – Resolução CONAMA 258/99 e 301/02


CAPÍTULO IV

4. RECICLAGEM DE PNEUS INSERVÍVEIS - ESTÁGIOS DO PROCESSO

4.1 Pneus usados e o processo de reforma
4.2 Desvulcanização ou regeneração da borracha de pneus
4.3 Pirólise genérica
4.4 Reaproveitamento do pneuinservível em sua forma inteira: outras alternativas dereciclagem
4.5 Coleta e destinação final de pneumáticos inservíveis


CAPÍTULO V

5. CONSIDERAÇÕESFINAIS


6. REFERÊNCIAS BIBILIOGRÁFICAS

RESUMO

O aumento vertiginoso na geração de resíduos sólidos é uma grande preocupação na sociedade moderna. Entre estes resíduos, estão os pneus inservíveis que devido à significativa quantidadeexistente no mundo transformou-se em um sério problema ambiental.
Sendo assim, com a necessidade de reduzir o passivo ambiental representado pelo estoque de pneus descartados que hoje existe, tornou-se inadiável um debate que crie soluções para minimizar ou reaproveitar estes materiais. Para isso, vários países vêm realizando estudos na criação de novas tecnologias e processos que possam serusados como alternativas de reciclagem dos pneumáticos inservíveis.
No Brasil, devido à gravidade desta questão, ações governamentais atribuíram novas responsabilidades aos representantes da indústria de pneus – fábricas e revendedores, que em conjunto com órgãos ambientais de fiscalização e controle passaram a ter um papel decisivo no gerenciamento deste resíduo.
Neste trabalho pretende-seidentificar formas de reciclagem, e alternativas possíveis de reutilização de pneumáticos inservíveis que existem, além de tentar identificar e entender os procedimentos que envolvem as várias etapas do processo de reciclagem de pneus: descarte, coleta, transporte e disposição final nos locais que reciclam este material.

CAPÍTULO I

1. INTRODUÇÃO
A reciclagem é uma das alternativas mais buscadasultimamente. Evitar que produtos degradem ainda mais o ambiente é hoje praticamente uma ordem e um dever de todos. Um terço do lixo doméstico brasileiro é composto de embalagens que poderiam ser recicladas. O Brasil, que tem uma área verde bastante considerável, ainda possui elevados níveis de poluição do meio ambiente, desmatamento e outros problemas ambientais. Somente em 2008 foram produzidosmais de 60 milhões de pneus no Brasil. Porém, praticamente a metade da produção anual de pneus no país é descartada no mesmo período. Para piorar, uma grande parte de todo esse material descartado é colocada em locais inadequados, causando assim grandes transtornos para a saúde e para a qualidade de vida da população. Num sentido mais amplo, o objetivo do desenvolvimento sustentável visa à uniãoentre os seres humanos e a natureza.
O uso de métodos de reciclagem e reaproveitamento é a saída para evitar esse tipo de situação. Os pneus abandonados não são apenas um problema ambiental, mas também de saúde pública, pois acumulam água das chuvas, formando ambientes bastante propícios à proliferação de doenças como a dengue e também a febre amarela. Para deter o avanço desse lixo, é preciso...
tracking img