Reanimação neonatal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1050 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO: PROGRAMA DE REANIMAÇÃO NEONATAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA: CONDUTAS 2011

CENTRO UNIVERSITARIO ANHANGUERA EDUCACIONAL
CAMPO GRANDE-MS
SETEMBRO DE 2011

RESUMO: PROGRAMA DE REANIMAÇÃO NEONATAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA: CONDUTAS 2011

Trabalho apresentado à disciplina de SAUDE DA CRIANÇA, 6º semestre do curso de Enfermagem,turma B sob a orientação da Profª Leiliane.

CENTRO UNIVERSITARIO ANHANGUERA EDUCACIONAL
CAMPO GRANDE-MS
SETEMBRO DE 2011
A maioria das crianças brasileiras nascem com boa vitalidade, entretanto manobras de reanimação podem ser necessárias de maneira inesperada, sendo essencial o conhecimento e a habilidade em reanimação neonatal para todos os profissionais que atendem ao recém-nascidoem sala de parto. A necessidade de procedimentos de reanimação é maior quanto menor a idade gestacional e/ou peso ao nascer. O parto cesárea, entre 37 e 39 semanas de gestação, mesmo sem fatores de risco antenatais para asfixia, também eleva o risco de que a ventilação ao nascer seja indicada. O preparo para atender o recém-nascido na sala de parto consiste inicialmente na realização de anamnesematerna, na disponibilidade do material para atendimento e na presença de equipe treinada. Esse material é destinado à manutenção da temperatura, aspiração de vias aéreas, ventilação e administração de medicações, estando relacionado no quadro ao final do texto. A temperatura ambiente na sala de parto deve ser de 26ºC para manter a temperatura corpórea normal do recém-nascido

As condiçõesperinatais descritas no Quadro 1 chamam a atenção para a possibilidade de a reanimação ser necessária.

Quadro 1. Condições perinatais associadas à necessidade de reanimação neonatal

|Fatores Antenatais |
|Idade 35 anos|Idade Gestacional 41 semanas |
|Diabetes |Gestação múltipla |
|Hipertensão na gestação |Rotura prematura das membranas |
|Doenças maternas|Polidrâmnio ou Oligoâmnio |
|Infecção materna |Diminuição da atividade fetal |
|Alo-imunização ou anemia fetal |Sangramento no 2o ou 3o trimestres |
|Usode medicações (ex. magnésio e bloqueadores adrenérgicos) |Discrepância entre idade gestacional e peso ao nascer |
|Uso de drogas ilícitas |Hidropsia fetal |
|Óbito fetal ou neonatal anterior |Malformação ou anomalia fetal|
|Ausência de cuidado pré-natal |
|Fatores Relacionados ao Parto |
|Parto cesáreo |Padrãoanormal de FC fetal |
|Uso de fórcipe ou extração a vácuo |Anestesia geral |
|Apresentação não cefálica |Hipertonia uterina |
|Trabalho de parto prematuro...
tracking img