Realismo x naturalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (294 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Os termos "Realismo" e "Naturalismo" frequentemente se confundem e alguns autores falam, então, de "Realismo-Naturalismo". É um estilo que ocorre na segunda metade do século XIX: o marcoinicial seria em 1881, com a publicação de "O Mulato" de Aluísio Azevedo (Naturalista) e "Memórias póstumas de Brás Cubas" de Machado de Assis (Realista), e o ano final seria 1893 com a publicaçãode Missal eBroquéis de Cruz e Sousa.
A arte realista-naturalista ocorreu em um período de consolidação do poder político da burguesia que tinha seu gosto estético orientado para uma arteracional, isto é, desprezavam o excesso de sentimentalismo romântico. O Realismo-Naturalismo ultrapassou, entretanto, os limites da burguesia e se tornou uma arte inovadora e voltada para osinteresses populares.
Realismo: os escritores voltavam-se para a observação do mundo objetivo. Procuravam fazer arte com os problemas concretos de seu tempo, sem preconceitos ou convenções.Focalizavam o cotidiano. O adultério, o clero e a sociedade burguesa em crise tornaram-se temas para as obras desse período.
Naturalismo: radicalizou o determinismo (o homem como produtode leis físicas e sociais) do movimento realista. Essa nova tendência apareceu em uma situação de grande pessimismo. Os escritores naturalistas introduziram o chamado "romance experimental"contra o esteticismo em que se enveredava a arte. O movimento não se restringiu à ciência positivista. Registrou, como os realistas, não o passado, mas o presente com temas inovadores e linguagematual. Denunciou a hipocrisia e caracterizou as lutas sociais, temáticas novas, que anteciparam a literatura de ênfase social do século XX.
Os principais autores foram Machado de Assis(importante ressaltar que não podemos incluir Machado de Assis totalmente nesse estilo de época, pois suas obras são mais complexas e tem características peculiares), Aluísio Azevedo e Raul Pompéia.
tracking img