Raios x

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5602 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO


INTRODUÇÃO 4
1.0 OS RAIOS X 5
1.1 HISTÓRIA 5
1.2 O QUE É 7
1.3 COMO FUNCIONAM 8
1.3.1 Entenda como funciona 11
1.3.2 Funcionalidades e propriedades 11
1.3.3 Interação com a matéria 12
1.4 APARELHO RAIO X 13
1.5 DETECTAÇÃO DO RAIO 14
1.6 DIFERENTES FORMAS DE RADIAÇÃO X 15
1.7 FINALIDADE 16
1.8 DIFERENTES MÉTODOS DE APLICAÇÃO 16
1.9 EFEITOS NOS HUMANOS 17
1.10 OS RAIOS XE A TABELA PERIÓDICA: A LEI DE MOSELEY 18
1.11 CURIOSIDADES 19
1.12 CUIDADOS 20
1.13 MITO 21
CONCLUSÃO 23
REFERÊNCIAS 24


INTRODUÇÃO


Os raios X são ondas eletromagnéticas ou radiações criadas a partir da saída de elétrons de um átomo. Essas partículas liberadas pelo átomo possuem a capacidade de criar uma onda capaz de se propagar no ar a velocidade da luz e atravessar várioselementos com excessão de apenas alguns. Essa característica é possível graças ao enorme aquecimento que os elétrons conseguem adquirir quando se deslocam para fora da estrutura atômica e se quebram, o que gera a energia eletromagnética capaz de atravessar materiais e objetos, e no caso dos animais causar mutações no tecido do corpo e nas células que constituem os seres.

Os raios X podem serbenéficos ou ao ser humano como também podem fazer mal, pois com uma incidência pequena do raio é possível tratar doenças como o câncer, mas com doses maiores ele é capaz de gerar os próprios tumores cancerígenos.

Para o manuseio deles, é necessário ter-se profissionais habilitados e capacitados, pois o risco da utilização inadequada podem causar sérios danos a saúde. Portanto, apenas aqueles que tem odomínio absoluto do assunto é que deverão desempenhar essa função.

A descoberta dos raios foi de grande avanço a física pois possibilitou um estudo mais amplo sobre os átomos e a matéria que compões todos os seres e matérias.


1.0 OS RAIOS X


1.1 HISTÓRIA

No fim da tarde de 8 de novembro de 1895, quando todos haviam encerrado a jornada de trabalho, o físico alemão Wilhelm ConradRoentgen (1845-1923) continuava suas pesquisas no seu pequeno laboratório, sob os olhares atentos do seu servente. Enquanto Roentgen, naquela sala escura, se ocupava com a observação da condução de eletricidade através de um tubo de Crookes, o servente, em alto estado de excitação, chamou-lhe a atenção: "Professor, olhe a tela!".

Nas proximidades do tubo de vácuo havia uma tela coberta complatinocianeto de bário, sobre a qual projetava-se uma inesperada luminosidade, resultante da fluorescência do material. Roentgen girou a tela, de modo que a face sem o material fluorescente ficasse de frente para o tubo de Crookes; ainda assim ele observou a fluorescência. Foi então que resolveu colocar sua mão na frente do tubo, vendo seus ossos projetados na tela. Roentgen observava, pela primeiravez, aquilo que passou a ser denominado raios X.

O parágrafo acima pode ser uma dramatização do que de fato ocorreu naquele dia, mas o fato que a história registra é que esta fantástica descoberta teve estrondosa repercussão, não apenas na comunidade científica, como também nos meios de comunicação de massa. Por exemplo, em 1896, menos de um ano após a descoberta, aproximadamente 49 livros epanfletos e 1.000 artigos já haviam sido publicados sobre o assunto. Um levantamento feito por Jauncey no jornal norte-americano St. Louis Post-Dispatch, mostra que, entre 7 de janeiro e 16 de março de 1896, quatorze notas foram publicadas sobre a descoberta e outros estudos relacionados.

Todavia, as mais conhecidas referências a essa descoberta tendem a minimizar o mérito do seu autor,enfatizando o aspecto fortuito da observação. Essa visão distorcida que se tem do trabalho de Roentgen só é eliminada quando se toma conhecimento dos seus relatos. Com 50 anos de idade na época da descoberta dos raios X, e menos de 50 trabalhos publicados, Roentgen tinha como temas prediletos as propriedades físicas dos cristais e a física aplicada (em 1878 apresentou um alarme para telefone, e em...
tracking img