Raio x

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6786 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Fraturas e lesões fisarias
Rui Maciel de Godoy Jr.

— sumario
Epidemiologia 973
História 974
Anatomia 974
Fisiopatologia 974
Exame físico 975
Exames completnentares 975
Classificação 976
Princípios gerais do tratamento 977
Tratamento conservador 978
Tratamento cirúrgico 978
Acompanhamento 979
Complicações 979
Considerações sobre algumas lesões específicas 980
Perspectivas 982Referências 982
Vários termos têm sido utilizados para designar fraturas e lesões fisarias: fraturas de Salter-Harris, fraturas da placa de crescimento, lesões fisarias, fraturas pediátricas, fraturas da infância, fraturas e lesões epifisárias. Como o diferencial dessas fraturas é o comprometimento da fise, preferiu-se uti-lizar fraturas e lesões fisarias ou, simplesmente, lesões fisa-rias.
Ascrianças são diferentes dos adultos. Apesar de parecer óbvio, é importante o reconhecimento desse fato, pois tal diferença interfere diretamente na ocorrência e no tratamen-to das fraturas. Os ossos nas crianças estão em crescimento determinado pela fise (placa de crescimento ou cartilagem de crescimento), que está localizada entre a metáfise e a epí-fise nos ossos longos. O comportamento dosistema musculo-esquelético das crianças é bastante distinto do dos adultos. As crianças apresentam reparação dos tecidos mais rápida e, portanto, consolidação mais precoce das fraturas. A re-modelação óssea é uma característica importante nas crian-ças e é tanto maior quanto menor a idade do indivíduo.
Entorses e contusões articulares, que ocorrem com fre-qüência nos adultos, geralmente são lesõesbenignas. Contu-do, quando traumas semelhantes ocorrem nas crianças, po-

dem acarretar lesões potencialmente graves, acometendo as epífises e as fises. Assim, o trauma que, no adulto, acarreta fratura, luxação ou lesão ligamentar, nas crianças, provoca lesão na cartilagem de crescimento. As lesões fisarias ocorrem nas crianças, em parte, devido à maior resistência dos liga-mentos e da cápsulaarticular em comparação à placa de cres-cimento, sendo essas estruturas 2 a 5 vezes mais resistentes do que a fise.
A fise, a epífise ou a apófise pode ser lesionada de diver-sas formas, sendo o trauma (as fraturas) a mais comum. Ou-tras formas de lesão podem comprometer as fises, tais como lesões por desuso, por radiação ionizante e por infecção; le-sões tumorais; lesões por insuficiência vascular;lesões por queimaduras por frio ou calor; lesões por estresse; e lesões iatrogênicas. Neste capítulo, serão abordadas as lesões trau-máticas.
Estando a fise comprometida em toda a sua extensão, há fusão entre a metáfise e a epífise, com conseqüente parada do crescimento. Na lesão fisária parcial, é possível observar deformidades angulares. A deformidade angular e o encurta-mento ocasionados pelaslesões da fise parcial ou completa podem variar de acordo com a localização da fise, a duração e a extensão da lesão fisária.
Epidemiologia
: :: ! : : íi
Cerca de 30% das fraturas dos ossos longos nas crianças envol-vem as fises. Compere (1935) encontrou 15% de lesões fisarias nos traumas envolvendo o sistema esquelético da criança. Rogers (1970) detectou alterações decrescimento na fise em 10% dos casos de lesões fisarias traumáticas.
atenção!
Quando traumas articulares ocorrem nas crianças, podem a-carretar lesões potencialmente graves, acometendo as epífises e as fises. O trauma que, no adulto, acarreta fratura, luxação ou lesão ligamentar, nas crianças, geralmente provoca lesão na cartilagem de crescimento.

974

Fraturas e lesões fisáriasLevantamentos mais recentes, como de Mann e Rajmaira (1990), mostram que, quando todas as fraturas envolvendo a fise são consideradas, a taxa de distúrbios do crescimento é de aproximadamente 30%. Todavia, apenas 2% apresentam resultado final com alteração funcional significativa.
O rádio distai é o local mais acometido, correspondendo a 44% das lesões fisárias (Neer e Horowitz, 1965), seguido do úmero...
tracking img