Raio laser

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1710 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Patricia Brazil
Thaís Garcia

O Raio Laser:
Princípios, tipos, experimentos e aplicações.

COLÉGIO UNIVERSITAS
Santos - 2011
Patricia Brazil
Thaís Garcia

O Raio Laser:
Princípios, tipos, experimentos e explicações.

Trabalho apresentado, como projeto do 2º Bimestre da disciplina de Física, da 3ª série do Ensino Médio do Colégio Universitas, orientado pelo prof. Evaldo Viera.COLÉGIO UNIVERSITAS
Santos - 2011

1. Introdução
A energia é algo presente na vida do ser humano. Ela é essencial à vida e a qualquer coisa que possamos fazer. Existem vários tipos de energia, porém iremos nos deter somente na energia a laser, luz ampliada pela emissão estimada de radiação.
O raio laser é um tipo de radiação eletromagnético visível ao olho humano.O feixe de laser é muito potente, podendo ter brilho superior ao da luz emitido por uma lâmpada.
Este instrumento, em seus diversos tipos, tem se mostrado um auxiliar tão importante, que várias pesquisas de suas possíveis aplicações estão sendo realizadas nos mais diversos pontos do mundo.
Para se entender essa inovação tecnológica, devemos caracterizarseus tipos e para que fins ou aplicações sejam usados.
É incontestável o fato de a luz dissipar as trevas, quando resolvemos acionar nosso feixe de raio laser, a escuridão fica rendida, esperando direcionarmos com coerência.
Neste trabalho conceituaremos o laser em suas definições, utilizações, princípios, tipos e aplicações.

2. Histórico
Em 1905, AlbertEinstein, com o auxílio do trabalho de Max Planck, postulou que a luz é formada por pacotes discretos e bem determinados de energia (quânticas), mais tarde chamados de fótons.
Em 1913, Niels Bohr, apresentou seu modelo de átomo, onde os elétrons orbitam o núcleo, saltando de níveis (comprimento de ondas).
Em 1925, Erwin Schroedinger e Werner Heisenberg modificam a forma de Bohr, preveem os diferentesníveis que o elétron pode determinar níveis superiores sempre em quantidades bem definidas.
Em 1953, Nikolai Basov e Aleksander Prokhorov, ganhador do prêmio Nobel, trabalha de forma independente em um oscilador quantum e resolveram o problema da emissão continua utilizando duas fontes de energia com níveis diferentes. Mais tarde a maser foi adaptada para emitir luz visível, então laser.3. Definição
Laser é uma palavra que é formada a partir das palavras light amplification by stimulated emission of radiation, que juntas significam amplificação da luz por emissão estimulada por radiação.
É um tipo de radiação eletromagnética visível ao olho humano, com características especiais como comprimento de onda formado por feixes que se propagam em paralelo.
Sua produção porabsorção de m fóton por sistema atômico, causando a transferência de elétron de níveis de energia, por processo de emissão espontânea ou estimada.
Um dos materiais usados pode ser rubi dopado com safira, mistura de gases de hélio e neônio, dispositivos de estado sólido como diodo, moléculas orgânicas com corante.

4. Funcionamento
O funcionamento do laser é que os átomos de determinados materiais,quando em estado instável de alta energia, corretamente estimulado decaem sua energia emitida por fótons coerentes com o estímulo original, cujas ondas estão em sincronia (em fase) entre si.
Através de apenas um átomo absorve um fóton (partícula de luz) incidente e a reemite ao acaso após certo tempo (emissão espontânea), mas que também este mesmo átomo deve reemitir seu fóton absorvido de umsegundo fóton interage com ele (emissão estimulada). Este tem o mesmo comprimento de onda.
Um laser funciona desde que se consiga excitar um número de átomos de determinado matéria para um nível de energia superior, ampliando a emissão de feixes de luz de comprimento de onda definido e coerente.
5.1. Elementos do funcionamento
Para que o laser funcione é necessário realimentar,...
tracking img