Radiologia digital

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4004 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo
A radiologia digital é o ramo do diagnóstico médico que emprega sistemas computacionais nos diversos métodos para a aquisição, transferência, armazenamento, ou simplesmente tratamento das imagens digitais adquiridas.
A evolução da computação, especialmente na área médica, permitiu um enorme avanço no diagnóstico por imagem. A partir de modernos sistemas computacionais desenvolvidos emplataforma apropriadas de tratamento gráfico tornou-se possível uma gama de aplicações que vão, desde uma simples medida linear, até um complexo modelo de apresentação tridimensional.
Com o auxilio de redes de transmissão de alta velocidade ou mesmo via INTERNET, tornou-se possível o envio de imagens para equipamentos localizados em pontos distantes do serviço de origem. Este tratamento da imagemdigital constitui a base da Telerradiologia.
A comunicação entre os equipamentos de diagnóstico por imagem e estações remotas, tornou-se possível graças ao desenvolvimento de redes de computação de longa distância (WAN – Wide Área Network) e de softwares modernos de transmissão de dados.

2. Introdução
Este estudo tem como objetivo apresentar conceitos básicos em processamento de imagensdigitais, ferramentas que nos auxiliam em uma melhor qualidade de imagem, evolução dos equipamentos e das técnicas usadas para um diagnóstico preciso, permitindo a visualização das estruturas anatômicas e de possíveis patologias, melhores demonstradas com ajustes como aproximação, tonalidade, escala de cores de cinza, filtros, etc. Ou seja, ferramentas que permitem capturar, armazenar e processarimagens na forma eletrônica, ajudando na formação de uma excelente imagem digital. E partir do uso da telerradiologia, hospitais, clínicas ou mesmo residências particulares localizadas em pontos distantes passaram a receber arquivos de imagens permitindo a seus usuários um tratamento interativo à distância, abrindo novas perspectivas para o tratamento das imagens com fins diagnósticos.

3.Revisão de Literatura
3.1 Anatomia da mama
Cada mama esta posicionada sobre as costelas da segunda a sexta e encobre o músculo peitoral maior, peitoral menor, partes do serrátil anterior e oblíquo externo do abdômen. O limite medial pode chegar à margem lateral do esterno e a margem lateral da mama segue a margem anterior da axila. O processo axilar se estende para cima e lateralmente em direçãoà axila, onde se aproxima dos vasos axilares. É formado por tecido glandular, tecido fibroso de conexão e tecido adiposo.
Cada glândula mamaria é composta de quinze a vinte lobos, cada um com sua própria via de drenagem para o exterior. Os lobos são separados por quantidade variável de tecido adiposo. A quantidade de tecido adiposo determina o tamanho e a forma da mama. Cada lobo é subdividido emlóbulos que contém os alvéolos mamários glandulares. Os alvéolos mamários são estruturas que produzem o leite na mulher lactante. Os ligamentos suspensores da mama entre os lóbulos se estendem da pele à fáscia profunda que recobre o músculo peitoral maior e dão sustentação às mamas. Agrupamentos de alvéolos mamários secretam leite no interior de uma série de ductos mamários que convergem paraformar os ductos lactíferos. O lume de cada ducto se expande próximo à papila mamária para formar um seio lactífero, onde o leite é armazenado antes de escoar para a extremidade da papila mamária, que consiste em uma projeção cilíndrica da mama que contém tecido erétil, é contornada por uma aréola circular e pigmentada, onde a superfície pode apresentar saliências por causa das glândulas areolaressebáceas próximas à superfície. As secreções dessas glândulas mantêm a flexibilidade das papilas mamarias.
O principal suprimento sanguíneo da glândula mamária vem das artérias mamárias internas (60% da mama) e torácica lateral (30% da mama). O restante do suprimento sanguíneo é realizado pelo ramo peitoral da artéria toracoacromial, ramificação lateral das terceira, quarta e quina artérias...
tracking img