Radioatividade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7739 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Radioatividade
A radioatividade é um fenômeno natural ou artificial, pelo qual algumas substâncias ou elementos químicos, chamados radioativos, são capazes de emitir radiações, as quais têm a propriedade de impressionar placas fotográficas, ionizar gases, produzir fluorescência, atravessar corpos opacos à luz ordinária, etc. As radiações emitidas pelas substâncias radioativas são principalmentepartículas alfa, partículas beta e raios gama. A radioatividade é uma forma de energia nuclear, usada em medicina (radioterapia), e consiste no fato de alguns átomos como os do urânio, rádio e tório serem “instáveis”, perdendo constantemente partículas alfa, beta e gama (raios-X). O urânio, por exemplo, tem 92 prótons, porém através dos séculos vai perdendo-os na forma de radiações, até terminarem chumbo, com 82 prótons estáveis. A radioatividade pode ser:
• Radioatividade natural ou espontânea: É a que se manifesta nos elementos radioativos e nos isótopos que se encontram na natureza e poluem o meio ambiente.
• Radioatividade artificial ou induzida: É aquela que é provocada por transformações nucleares artificiais.

As primeiras descobertas:
Martin Heinrich Klaproth
MartinHeinrich Klaproth nasceu na Alemanha. Ele era farmacêutico e minerológo. Klaproth isolou o óxido de zircônio, em 1789, a partir de amostras de zircão. Ele também verificou, no mesmo ano, a presença de um novo elemento na pechblenda, que se acreditava ser uma mistura de minérios de zinco, ferro e tungstênio. Além de isolar o Cério, paralelamente, com Berzelius e Hisinger.
Foi o primeiro a descobrir oselementos urânio (em 1789 na pechblenda) e zircônio (em 1789 na zirconita), e foi o segundo a descobrir o titânio (em 1795 no rutilo), embora não tenha obtido nenhum destes elementos na forma metálica pura. Ainda elucidou a composição de diversas substâncias, incluindo compostos de elementos então recentemente descobertos, tais como: estrôncio (em 1793 na estroncianita), cromo (1797) e o cério(1803). O telúrio foi isolado em 1789 por Klaproth.

Henri Becquerel
Em 1896, o francês Henri Becquerel fez outras descobertas sobre a radioatividade, ele estudava os efeitos da luz solar sobre determinados materiais fluorescentes, como o minério de urânio. À espera da melhora do tempo, que se apresentava nublado, guardou a amostra do minério numa gaveta. Ao retirá-la, alguns dias mais tarde,Becquerel observou que a pedra havia emitido radiações mesmo no escuro e obteve a prova da existência da radioatividade natural.
Pierre e Marie Curie
Após a descoberta da radioatividade dos minérios de urânio por Becquerel, o casal Pierre e Marie Curie comprovou a existência de outras substâncias com atividade radioativa. Simultaneamente com o alemão Gerhard Carl Schmidt, o casal encontrou altoíndice de radioatividade no tório. E mais tarde, ao analisar alguns minérios de urânio.Marie Curie detectou uma intensidade radioativa maior do que a observada no urânio e supôs que esses minerais continham algum elemento químico radioativo ainda não descoberto. Prosseguindo em suas experiências, os Curie separaram da pechblenda um elemento 400 vezes mais radioativo que o urânio, a que chamaram polônio,em homenagem à terra natal da cientista. Mais tarde, conseguiram isolar a partir da pechblenda outro elemento milhares de vezes mais ativo que o urânio, que denominaram rádio.
A pesquisa de novos materiais radioativos prosseguiu nas décadas seguintes e resultou na descoberta de elementos até então desconhecidos, como o actínio, isolado por André Louis Debierne, em 1899, e por Friedrich OttoGiesel, em 1902, além do mesotório e do radiotório, isótopos do rádio e do tório, respectivamente, descobertos por Otto Hahn.
Os estudos sobre o comportamento dessas substâncias, junto com os avanços da teoria atômica, resultaram, durante as primeiras décadas do século XX, numa nova concepção sobre a estrutura da matéria e derrubaram a idéia de indivisibilidade do átomo enunciada no início do...
tracking img