Racionalidade limitada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1963 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE CEUMA - UNICEUMA
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO




MAURÍCIO JOSÉ DOS PASSOS SÁ






RACIONALIDADE LIMITADA: CARACTERÍSTICA DO PROCESSO DECISÓRIO SEGUNDO A TEORIA DE HERBET SIMON




































































SÃO LUÍS

2012

MAURÍCIO JOSÉ DOS PASSOS SÁRACIONALIDADE LIMITADA: CARACTERÍSTICA DO PROCESSO DECISÓRIO SEGUNDO A TEORIA DE HERBET SIMON











Trabalho apresentado à Disciplina Processo Decisório, ministrada pelo Prof. José da Assunção Gomes Mendes do Curso de Administração do UNICEUMA, como avaliação.SÃO LUÍS

2012


RESUMO: Este trabalho pretende mostrar a relevância e a abrangência da contribuição, a partir dos estudos de Herbert Simon, sobre o processo decisório, e dentro desse processo foi possível se avaliar uma característica inovadora, a racionalidade limitada. Este modelo baseou a tomada de decisão em escolhasque não necessitariam serem maximizadas para se tornarem ótimas, mas sim satisfatórias para a situação proposta. Para isto, investigou-se a presença de fatores sensíveis na tomada de decisão, abordando as fundamentações teóricas desenvolvidas pelo autor durante a formulação desse modelo, mencionando como elemento principal a racionalidade limitada.


Palavras-chave: processodecisório, racionalidade limitada, expectativas racionais, Herbert Simon.










































A maneira como Herbert Simon aborda a racionalidade limitada no processo decisório, demonstra como a Administração tem sido valorizada no campo das Ciências sociais e seus estudos e pesquisas acrescentam e muito no entendimento dos fenômenosorganizacionais.
Herbert Alexander Simon, nascido em 1916, formou-se na Universidade de Chicago em 1936 em Ciência Política, foi consultor do governo americano, da NASA e diretor do Conselho de Pesquisas de Ciências Sociais. Tornou-se um grande pesquisador em administração pública, voltando-se mais para administração de empresas e ganhou o prêmio Nobel de Economia por seus trabalhossobre comportamento humano e decisão. Desde muito cedo, ainda na faculdade, ele já se preocupava com o comportamento humano no processo de tomada de decisão e resolução de problemas. Ele foi o primeiro a caracterizar os processos administrativos como processos decisórios.
Analisando sua obra pode-se observar que ele avalia a forma como ocorre a escolha racional humana, a maneira como o serhumano faz suas escolhas e toma as suas decisões. Porém, nesse processo, o homem muitas vezes se vê limitado em relação à quantidade de informações e a sua própria capacidade de conjecturá-las.
Essa visão caracteriza a organização como um sistema de decisão participativa de forma consciente e racional, onde a escolha não está baseada no todo, mas sim entre alternativas mais ou menosracionais e o administrador ganha um papel importante de delegar e influenciar nas decisões de sua organização.
Segundo Simon (1965) a incumbência de decidir é composta por três etapas:
• O relacionamento de todas as possíveis estratégias que poderão ser adotadas onde a estratégia representa o conjunto de decisões que determinam o comportamento a ser seguido num determinadoperíodo de tempo;
• A pontuação de todas as consequências que surgem em decorrência da adoção de cada estratégia escolhida;
• A análise comparativa de cada conjunto de consequências e escolha de uma alternativa entre as várias disponíveis, a partir de valores pessoais e organizacionais.


Entretanto cabe ressaltar que para Simon, apesar de existir inúmeras...
tracking img