Raciocinio logico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2957 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

Externato Lagoas.
Itaboraí, 23 de outubro de 2011.
Professor: Claudecio.
Aluno: Jelson Araujo da Paixão Neto
2°Ano do Ensino Médio

Raciocínio Lógico

Ao procurarmos a solução de um problema quando dispomos de dados como um ponto de partida e temos um objetivo a estimularmos, mas não sabemos como chegar a esse objetivo temos um problema. Se soubéssemos não haveria problema.É necessário, portanto, que comece por explorar as possibilidades, por experimentar hipóteses, voltar atrás num caminho e tentar outro. É preciso buscar idéias que se conformem à natureza do problema, rejeitar aqueles que não se ajustam a estrutura total da questão e organizar-se.
Mesmo assim, é impossível ter certeza de que escolheu o melhor caminho. O pensamento tende a ir e virquando se trata de resolver problemas difíceis.
Mas se depois de examinarmos os dados chegamos a uma conclusão que aceitamos como certa concluímos que estivemos raciocinando.
Se a conclusão decorre dos dados, o raciocínio é dito lógico.

Qual a importância do raciocínio lógico?

Depende de que área estiver sendo analisada, por exemplo, na área de sistemas de informação todoum trabalho é desenvolvido em cima de um raciocínio lógico. Por que em cima desta lógica é que são enviados comandos para programas em certas linguagens de programação para que seja possível gerar aplicações.
Além de tudo, o raciocínio lógico nos ajuda em nosso cotidiano, desde as coisas mais simples até as mais complexas.

Você sabe utilizar seu raciocínio lógico?

Para a compreensãode um texto o leitor ou ouvinte tanto utiliza o raciocínio lógico para a compreensão analítica quanto o raciocínio prático para compreensão ordinária.
Segundo Braine e Rumain (1983), para a compreensão de um texto o leitor ou ouvinte tanto utiliza o raciocínio lógico para a compreensão analítica (o que exige mais habilidade mental) quanto o raciocínio prático para compreensão ordinária (oque se revela mais superficial).
Quando precisamos solucionar problemas ou nos envolvemos em discussões ou argumentações, o melhor é não se deixar levar pelo caminho mais fácil e sim procurar obter uma compreensão a respeito da situação analisando uma a uma, cuidadosamente, as premissas relacionadas, de modo a tirarmos conclusões de maneira mais exata e precisa possível.
Não utilizar oraciocínio lógico muitas vezes pode nos levar a conclusões incorretas e a recorrer a falácias na argumentação, já que, de modo prático, nos deixaremos influenciar pelo conteúdo das premissas e por nossas crenças.
Lógica, portanto, parte de uma dedução formal tal que, postas duas proposições, chamadas premissas, delas, por inferência, se tira uma terceira, chamada conclusão. Argumentar deforma lógica é diferente de usar manipulação, coação ou persuasão; cada estratégia  melhor se aplica a contextos distintos e visa a finalidades específicas. Veja:
As diferenças:
Lógica: Se é verdade que treinamento e capacitação aumentam a produtividade, o senhor deve contratar mais treinamento para a equipe.
Manipulação: Sei que o senhor vai aprovar todas as nossas sugestões, porqueo senhor é um ótimo administrador.
Coação/Ameaça: Contrate meu irmão, minha mulher e minha sogra ou deixarei a empresa.
Persuasão: Eu não tenho dúvidas de que um maior investimento em capacitação reverteria em aumento de produtividade na empresa

Como se desenvolve raciocínio lógico e paciência para fazer problemas de matemática?

Paciência vem de autocontrole.

O maisdifícil não é paciência, o mais difícil é controlar seu próprio demônio, usar seu gênio interno para o bem, sempre nos esbarramos nisso.
Para a área matemática no cérebro (área 44) é bom usar cálculos de cabeça (inicialmente com números baixos e depois subir lentamente), isso desenvolverá sua velocidade de raciocínio matemático e lógico (ambas estão na parte direita do cérebro).

Exercícios
1....
tracking img