Rabdomiolise e i.r.a.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1215 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS - CCS
Disciplina : Fisiologia Renal
Professor(a) : Márcia Capella













Rabdomiólise e Insuficiência Renal Aguda








por
Bruno Melo Costa
DRE: 100170092




8 de Março, 2002





Índice :RABDOMIÓLISE||
1. Conceito||
2. Causas e Tratamento||
3. Rabdomiólise e atividade física||
||
INSUFICIENCIA RENAL AGUDA||
1. Conceito||
2. Classificação, Causas e Tratamento||
||
APENDICE: Rabdomiólise relacionada a I.R.A.||










RABDOMIÓLISE

CONCEITO:

Rabdomiólise é uma sindrome aguda, fulminante e potencialmente fatal, onde uma lesão muscular resulta em rápidasalterações da membrana celular, permitindo o estravazamento de enzimas celulares e mioglobina para os líquidos extracelulares.
Em decorrência da lesão muscular ocorre aumento no plasma de eletrólitos (K e fósforo), aumento do catabolismo das purinas (que se reflete no aumento de acido úrico plasmático), e a mioglobina se torna presente no plasma e urina. Pode ocorrer influxo significativo de cálcio paraas células musculares causando hipocalcemia.
Na rabdomiólise pós esforço a lesão muscular é secundária à excessivas contrações musculares, entretanto qualquer patologia que resulte em destruição rápida da massa muscular pode desencadeá-la, como esmagamentos, infartos, necrose isquêmica, septicemia, gangrena, polimiosite, toxinas, drogas, etc.
Clinicamente existe história de esforço seguido dedores musculares difusas, diminuição da força muscular na extremidade envolvida, fraqueza acentuada, diminuição da mobilidade, aumento da pressão compartimental e urina marrom. O exame laboratorial mostra aumento da uréia, cretinina, CPK, mioglobina urinária e desidrogenase lática.
O diagnóstico de rabdomiólise é estabelecido quando a CPK aumenta de cinco ou mais vezes em relação ao normal,com quadro clínico sugestivo de rabdomiólise, na auséncia de lesão cardíaca e/ou cerebral, quando ocorrer· aumento de frações específicas da CPK. O diagnóstico pode também ser confirmado com mapeamento com gálio ou ressonância magnética nuclear, na presença do quadro clínico característico.

CAUSAS E TRATAMENTO:

As causas mais comuns de rabdomiólise estão relacionadas: 1) ao uso de álcool eoutras drogas (cocaína,etc.), 2) à compressão muscular contra uma superfície dura aonde o peso do corpo é suficiente para obstruir o fluxo sanguíneo para o músculo que fica edemaciado, isquêmico e com consequente aumento de pressão
intracompartimental, 3) a traumas ou esmagamentos.
Causas metabólicas de rabdomiólise como coma hiperosmolar diabetico, hipocalemia, hiponatremia, hipofosfatemia,hipotermia, anormalidades
genéticas no metabolismo dos carboidratos e lipídios também são descritas assim como causas infecciosas.
Entre os agentes infecciosos associados a rabdomiólise citam-se os vírus: influenza A, citomegalovírus, coxsackie, herpes simples, HIV, echovirus, Epstein-Barr, e as bactérias tais como: Staphilococcus aureus, Legionella, Clostridium tetani, Salmonella tiphi eenteritidis, Streptococcus pneumoniae, Haemophilus influenzae, Escherichia coli, Lepstospira e Francisella tularensis e protozoários como o plasmódio.
Então ao analisarmos as causas acimas, podemos destacar que algumas são de caráter tóxico (variedade de toxinas e drogas que podem tanto exercer um efeito tóxico direto no músculo ou predispor indiretamente a rabdomiólise.) e outras de caráter nãotóxico. Citaremos abaixo as causas de caráter não tóxico:
· Coma ou imobilidade prolongada por qualquer causa.
· Lesão muscular direta.
· Atividade muscular excessiva (Atividades esportivas de resistência, Convulsões) .
· Imunológicas (Dermatomiosiste, Polimiosiste).
· Lesões musculares isquêmicas (Lesão por compressão, Oclusão vascular).
· Metabólicas (Hipocalemia, Hipofosfatemia).
·...
tracking img