Raça humana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (475 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Raça Humana

Na esfera do trabalho, o avanço tecnológico melhorou a qualidade de vida na medida em
que diminuiu a dor corporal, reduziu a utilização da força física e com isto absorveu maiorescontingentes humanos, facilitou o aprendizado, aproximou o homem a distancia e reduziu as
especulações exotéricas. No entanto, a tecnologia deu ensejo a emoções negativas, excluiu humanos
nãocompetitivos, diminuiu a criatividade humana, distanciou os homens na sua proximidade e
aumentou o misticismo não religioso. Mas muitas vezes se confundem as distorções trazidas pela
tecnologia com asincorreções de governos não democráticos. Há que se distinguir a origem das
imperfeições.
Negar a aquisição de tecnologia a uma sociedade, seu domínio e sua implementação, é
condená-la a um estado desubmissão e de empobrecimento inexorável. Dominar uma tecnologia
nada tem a ver com a
sua aplicação imediata, sem se considerar outros fatores condicionantes. O domínio tecnológico
envolveinvestimentos em pesquisa.
Em qualquer nação organizada, este investimento deve ser feito sob o controle da sociedade.
Esta é uma atitude ética. É uma interpretação errônea presumir que a liberdade criativadeva ser
assegurada para que a pesquisa possa se desenvolver mais plenamente. Não se pode de modo algum
submeter a vontade coletiva aos desejos individuais. O que parece ser uma posição liberal, narealidade, transforma-se numa típica atitude nazista. Nada justifica uma atitude procrastinatória em
relação à aquisição de tecnologia. Não existe limite para o investimento.O que se deve limitar é aabrangência da aplicação do avanço tecnológico. O acesso ao progresso tecnológico deve ser
eticamente estabelecido por parâmetros de prioridade. Infelizmente a não-fixação de limites de
demandaimpede a investigação vertical. Uns poucos são contemplados a curto prazo. A médio e
longo prazo todos perdem. Teme-se enfrentar uma realidade indesejável, não tanto pela sua
inexorabilidade, mais...
tracking img