Quote

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (997 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
“Eu não sei por que resolvi vir. Mas não tenho ideia de por que não viria, também. Penso isso todas as vezes enquanto subo essas intermináveis escadas que me levam até seu apartamento, e todas asvezes chego a conclusão de que só me resta a falta de amor próprio, e, por isso, aceito qualquer protótipo de amor que me enviem. Invento qualquer desculpa que não envolva sentimentos mal resolvidos porvocê. Sinto um pouco de vontade de chorar, mas resisto a isso porque você já está abrindo a porta pra me receber com esse sorriso que poderia ser o mais lindo do mundo. E aí eu lembro que outrasquinhentas devem concordar comigo, sobre esse ser o sorriso mais bonito do mundo e fico triste de novo. E você insiste em recusar meu aperto de mãos, abrindo os braços e me dando o abraço mais seguro queeu já senti desde a última vez que te vi. A gente nunca fica em contato por tempo demais para dizer que somos sequer amigos, mas, por algum motivo estranho do destino, você sempre acaba me ligando paraque eu venha até tua casa e me dá um desses abraços que fazem, de certa forma, o meu dia melhorar quase que 100%. Eu sei que você só me liga porque umas dez já disseram que tinham planos maisinteressantes, e nem eu entendo porque eu continuo me sentindo única quando meu telefone toca. Mas coração feminino tem um problema sério de aprendizagem, e o meu continua gostando de você. Mesmo que vocênão mereça nem mesmo que seja indiferente, eu continuo gostando de você e do seu cheiro de baunilha.
Então, eu entro. A sua casa tem o mesmo cheiro do seu abraço, e isso faz com que eu me sinta bem logode cara. Tem vinho em cima da mesa e dois pratos no balcão, pra lavar. Você finge que eu não vi e eu finjo que o meu estômago não embrulhou por causa disso. E você pergunta se eu não quero sentar, euapenas agradeço porque, se não sentasse, meus pés desmoronariam. Mais uma vez eu me pergunto por que cargas d’água eu vim. Você começa a me falar banalidades, ignorando o fato de que daqui a...
tracking img