Quitosana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (380 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de agosto de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Quitosana
A quitosana, é um copolímero proveniente da desacetilação da quitina contida nos exoesqueletos de crustáceos, mas que também é produzida por alguns fungos do gênero Mucor.1
Sua formulamolecular é C6H11O4N, sua estrutura química é constituída por cadeias não ramificadas de N-acetil-D-glicosamina, o que a torna muito semelhante a celulose2 variando por conta de grupos amínicos o quepermite modificações químicas em sua estrutura, como a sua solubilidade em pH neutro.
Cerca de 60% da quitina desacetilada é considerada quitosana (entre 40% até 98% de desacetilação) porém, tem grandevariação solubilidade, acetilidade, pureza, massa molar, entre outros, que variam de acordo com a procedência da quitina e fatores como, temperatura, tempo de reação, concentração de álcali, razãoálcali/quitina, tamanho das partículas de quitina, atmosfera de reação e presença de agentes que evitem a despolimerização, que devem ser controlados devidamente para que não ocorra uma mudança indesejadana molécula de quitosana.4
As características da quitosana que são necessárias levar em consideração para o sua utilização em geral, são o tamanho das partículas, densidade, solubilidade, viscosidade,distribuição de massa molar, grau de desacetilação, pH, índice cristalinidade, valor de retenção de agua, níveis de metais pesados e proteínas, apirogenicidade (substâncias que produzem elevação datemperatura do corpo), citoxicidade e biocompatibilidade.
Em sua ampla gama de aplicações, alguns exemplos das aplicações quitosana ainda apresenta ação que impede o crescimento de microrganismos, temum efeito analgésico, efeito coagulante, aceleração da cicatrização, também reduz o nível de colesterol no corpo, e a redução de peso 3.
1 DAMIAN, César; BEIRÃO, Luiz Henrique; FRANCISCO, Alicia de;ESPÍRITO SANTO, Milton Luiz Pinho; TEIXEIRA, Evanilda.Quitosana: um amino polissacarídeo com características funcionais.v16.n.2 Araraquara:Alim.Nutr,2005 p. 195-205
2REJANE, Celi Goy, MSc; ODILIO,...
tracking img