Quinhentismo e barroco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2756 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Introdução
Este trabalho da disciplina de Língua Portuguesa, ministrada pelo Prof. Gilvan Costa, desenvolvido pelo aluno Yann Gabriel, do curso de Informática do Instituto Federal de Sergipe, IFS.

A referida atividade é sobre os dois primeiros períodos literários brasileiros, quinhentismo e barroco respectivamente, e tem como objetivo caracterizá-los, mostrando o seu conceito, diante dastransformações do seu período histórico, além de demonstrar seus principais autores e suas produções artísticas.

Define-se como quinhentismo, toda a produção literária brasileira que fora feita no século XVI, 1501 até 1600, anos seguintes à chegada portuguesa no Brasil, sua principal características é que suas obras foram feitas, em sua totalidade, por portugueses, além do que parte das obrasquinhentistas não possui nenhum valor literário, tendo como sua principal importância documento histórica. O movimento barroco, diferente do quinhentismo, foi um estilo que se desenvolveu na Europa, sua principal característica é o dilema, a contradição entre a razão e a religião, o conflito entre a visão antropocêntrica e teocêntrica, o barroco brasileiro começou no inicio do século XVII, 1601 porisso também é denominado seiscentismo.

2. Quinhentismo
A chegada portuguesa no Brasil foi um marco histórico e cultural que influenciou ambos os povos, causando um certo encantamento e espanto, o quinhentismo é o período literário que marca os primeiros contatos entre Portugal e a nova terra recém achada. O quinhentismo divide-se em dois subgrupos: literatura dos viajantes (ou deinformação) e a literatura jesuíta (ou de catequese).

2.1. Literatura dos viajantes
A literatura de informação é considerada o primeiro período literário brasileiro, caracteriza-se de documentos escritos, em forma de prosa, por portugueses em terras brasileiras, seu principal objetivo era informar a coroa portuguesa sobre a terra recém-descoberta, um dos mais celebre exemplo dessaliteratura é a Carta, de Pero Vaz de Caminha (escrivão-mor da esquadra de Pedro Alvares Cabral, 1500), essa carta não só marca o começo do quinhentismo, mas também é o marco inicial da história do Brasil, a literatura dos viajantes não possui nenhum caráter literário, suas obras possuem unicamente importância como documentos históricos, outros exemplos dessa literatura são: o Dário de navegação –Pero Lopes de Sousa (1530), a Viagem à terra do Brasil – Jean de Léry (1578), entre outros.

2.2. Literatura jesuítica
Na Europa, a Contra Reforma (movimento iniciado pela igreja católica contrario a reforma protestante no cristianismo), entre outros fatores, iniciou um desejo expansionista na comunidade católica, esse desejo foi responsável pela criação de diversas congregaçõesreligiosas, grupos com o objetivo de levar o cristianismo católico para povos que até então não o conheciam ou não o aceitavam, com o as recentes descobertas Portuguesas e Espanholas, países que não aderiram a Contra Reforma protestante, alguns desses grupos, em especial os jesuítas (denominação dada a membros da Companhia de Jesus, fundada em 1534), incumbiram-se de levar o cristianismo para asterras recém-descobertas, denomina-se literatura jesuíta, toda a literatura feita pelos jesuítas com o objetivo de catequizar os nativos, além de ensinar os costumes dos colonos brancos, em 1549 na armada de Tomé de Sousa desembarcaram os primeiros jesuítas no Brasil, entre eles destaca-se o chefe da missão: Manuel de Nobrega, que teve um papel muito importante para a história brasileiro, por terparticipado da fundação das cidades de: Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro e de ter criado o primeiro colégio brasileiro (que durante muito tempo foi o único meio intelectual da colônia), no âmbito da literatura destacou-se por sua obra: Diálogos sobre a conversão do gentio – 1554, nessa obra sua intenção era convencer os próprios jesuítas do significado humano e cristão da catequese, essa é...
tracking img