Quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1500 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS


















Experiência 2
Reações Químicas













Professor: Éder Xavier
Nomes:
Curso: Eng. Metalúrgica
Turma: T1A






BELO HORIZONTE
13 de Setembro de 2006
Sumário

Introdução......………………………………………………………………..……………3
Objetivos.........……………………………………………………………….……………4
Procedimentos/Resultados ediscussão............…………………….…………………5
Conclusão...... ……………………………………………………………….………….…9
Bibliografia.....……………………………………………………………...……………10


Introdução

As reações químicas são extremamente importantes no entendimento do comportamento da matéria, pois são exatamente essas reações que, a partir de reagentes, formam produtos que são compostos de novas estruturas, ou seja, tem propriedadesdiferentes e, por isso, trazem a diversidade da matéria que pode ser manipulada,na intenção de ser melhor entendida.Para desenvolver um estudo sobre reações químicas é necessário saber sobre condições nas quais elas ocorrem e interpretar resultados, que podem ser representados por equações químicas que, por sua vez, têm importância esquemática, numérica e representativa.
Objetivos

O objetivodessa experiência é ampliar os conhecimentos sobre as reações químicas, aprendendo a identificar quando elas ocorrem e como ocorrem, ou seja, perceber mudanças em aspectos macroscópicos (como mudança de cor, liberação de um gás).
Procedimentos/Resultados e discussão


Procedimento 1

Foi colocado 0,5 g de clorato de potássio (KClO3) em um tubo de ensaio. Em seguida, adicionou-se umaquantidade baixa de dióxido de manganês (MnO2). O tubo foi aquecido à chama do bico de gás - utilizando uma pinça de madeira – e, no decorrer da reação, um palito em brasa foi levado até às proximidades do tubo para verificar se o gás liberado pela reação alimentava a brasa. Depois, o tubo de ensaio foi colocado para resfriar. Feito isso, foram adicionados 5 mL de água destilada e agitado o tubo.Após sua decantação, o líquido incolor (menos denso) foi transferido para outro tubo de ensaio, com o auxílio de um conta-gotas. Finalmente, adicionou-se 2 gotas de nitrato de prata (AgNO3) ao líquido, dando fim a esse procedimento.


Resultados e discussão

O resultado desse procedimento é baseado nas reações químicas ocorridas. Primeiramente, ao misturar KClO3 e MnO4, ocorreu aseguinte reação:


KClO3(s) + MnO2(s) KMnO4(s) + ½ O2(g) + ½ Cl2(g)

Obs.: o tubo de ensaio foi colocado na chama do bico de gás para aumentar a velocidade da reação.
Como consta na equação representativa da reação, foi liberado gás oxigênio, o que resulta no aumento da brasa do palito introduzido no tubo. Após a reação, a decantação e a posterior transferência dolíquido incolor para outro tubo, houve adição de nitrato de prata (AgNO3) no tubo de ensaio para detectar cloro aquoso no líquido, o que foi possível de acordo com a reação abaixo:

AgNO3(aq) + ½ Cl2(aq) AgCl(s) + NO3- (aq)

É possível concluir, através da equação, que havia cloro aquoso na solução incolor devido a precipitação do cloreto de prata (AgCl(S)).Procedimento 2

Com o auxílio de uma pinça metálica, aqueceu-se uma das extremidades de uma fita de magnésio na chama do bico de gás. Após alguns segundos houve uma reação, acompanhada de faísca, e, em seguida, aparecimento de um pó branco.


Resultados e discussão

O gás formado, de acordo com sua reação, foi o Óxido de Magnésio. Veja:


Mg(s) + ½O(g) MgO(s)

Oaparecimento de faíscas é devido à liberação de energia do magnésio, ao ser aquecido (energia liberada em forma de luz).

Obs.: o óxido de magnésio, diferente dos outros óxidos que, em sua maioria, são pretos, é branco.


Procedimento 3

Foram colocados, em um béquer, 500 mL de água destilada. Em seguida, adicionou-se 5 gotas de solução alcoólica de fenolftaleína. A essa água, foi...
tracking img