Quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1028 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
21/03/2013

1. POLUIÇÃO DOS SOLOS

1.1 Definição de Solo:
• “Manto superficial formado por rocha desagregada e, eventualmente cinzas
vulcânicas, em mistura com matéria orgânica em decomposição, contendo,
ainda, água e ar em proporções variáveis e organismos vivos” (MANO,
PACHECO e BONELLI, 2005.

• Composição do Solo
O LIXO URBANO E A POLUIÇÃO DOS SOLOS

• 45% de elementos minerais(silicatos, carbonatos);
• 25% de ar
• 25% de água

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão
Disciplina: Química Ambiental / Química Analítica
Professora: Karla Caroline Muniz de Araujo

• 5% de matéria orgânica (proteínas, ligninas, SH);

1. POLUIÇÃO DOS SOLOS

2. RESÍDUOS SÓLIDOS

1.2 Definição de Poluição do Solo:

• Lixo Urbano ou Resíduo Sólido Urbano• “É qualquer alteração das características naturais do solo através da
deposição, descarga, infiltração ou acumulação no solo de produtos
poluentes” (ABNT, 2004).

2.1 Resíduos sólidos, definição:
• “Resíduos nos estados sólido e semissólido, que resultam de atividades da
comunidade de origem industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola,
de serviços e de varrição” (ABNT, 2004).• Dinâmica da poluição do solo

• “Resíduos coletados e transportados por outros meios que não a água”
Fonte

Poluentes

Solo

Poluição
do meio

(BRAIRD, 2002).

1

21/03/2013

2. RESÍDUOS SÓLIDOS

2. RESÍDUOS SÓLIDOS

2.2 Classificação dos Resíduos Sólidos Urbanos quanto a toxicidade:

• Principais constituintes do lixo:

• Resíduos de Classe I ou Perigosos
•Inflamabilidade. Ex.: CH3CH3
• Reatividade. Ex.: Explosivos comuns

• Matéria orgânica putrescível

• Madeira

• Corrosividade. Ex.: NaOH

• Plástico

• Panos, couro e borracha

• Papel e papelão

• Contaminante químico

• Vidro

• Contaminante biológico

• Metal

• Pedra, terra e cerâmica

• Radiotividade eToxicidade. Ex.: Metais Pesados
• Patogenicidade. Ex.: Detritos

•Resíduos de Classe III ou Inertes
• Resíduos de Classe II ou Não Inertes

2. RESÍDUOS SÓLIDOS

2. RESÍDUOS SÓLIDOS

2.2 Chorume

• Estimativa do tempo de degradação de alguns objetos:

• Poluentes encontrados no chorume
• Substâncias orgânicas

FRALDA
DESCARTÁVEL

500 anos

CHICLETE

METAL

100 a 200
anos

BORRACHA

GARRAFA
PLÁSTICA

CASCA DE
FRUTAS

3a6
meses

450anos
PANO

FILTRO DE
CIGARRO

PAPEL

3 a 6 meses

Tempo
indeterminado

6 meses
a 1 ano

14 anos

• N-amoniacal
• Metais pesados
• Outros

VIDRO

COURO

Ate 50 anos

5 anos
5anos

MADEIRA
PINTADA

• Lixiviado

Tempo
indeterminado

2

21/03/2013

3. O DESTINO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

3. O DESTINO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

• Principais destino doLixo Urbano:

• O destino do lixo no Maranhão:

3.1 Lixões ou Vazadouros
3.2 Aterros Controlados
3.3 Aterros Sanitários

27,7%

22,5%

50,8%
Lixão de São Luís.
Fonte:
http://imirante.globo.com/noticias/2011/02/07/pagina2660
43.shtml

O Aterro Sanitário da Ribeira.
Fonte:
http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?id=16892

Destino do lixo no Brasil. Dados do IBGE, 2008.3. O DESTINO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

• O destino do lixo no Maranhão:
• 127 municípios do Estado do MA se dispuseram a responder os
questionários enviados pelo Ministério Público. Outros 90 não se
manifestaram.

3. O DESTINOS DO RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

3.1 LIXÕES OU VAZADOUROS

• Características gerais:
• O lixo fica exposto
• Lixo disposto diretamente sobre o

2,4% 15%solo

• Não há controle de entrada e saída
de indivíduos
80,3%

• Seres causadores de doenças

Destino do lixo no Maranhão. Centro de Apoio Operacional de Meio Ambiente, Urbanismo e Patrimônio Cultural (Caouma), 2011.

3

21/03/2013

3. O DESTINO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

3. O DESTINO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

3.1 LIXÕES OU VAZADOUROS

• Maneiras de se entrar...
tracking img