Quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1216 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA
DEPARTAMENTO DE QUÍMICA
DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL E EXPERIMENTAL I
Docente: Ghieska T. Souza Ramos

PESAGEM EM BALANÇA SEMI-ANALÍTICA E MEDIDAS DE VOLUME



CUIABÁ-MT
2013
1-Introdução
MEDIDAS DE VOLUMES
A técnica de medição de volume de uma amostra depende do seu estado físico (líquido ou sólido) e dasua forma (regular ou irregular). Os resultados obtidos devem ser expressos em metro cúbico ou em unidades submúltiplos, normalmente as mais usadas são o mililitro, ou centímetro cúbico, e o litro, ou decímetro cúbico.
Nos trabalhos de laboratório, as medidas de volume aproximadas são efetuadas rotineiramente em provetas graduadas e de um modo mais grosseiro, em béqueres em escala. As medidasvolumétricas de precisão são realizadas utilizando aparelhos volumétricos precisos (balão volumétrico, pipetas volumétricas e graduadas, buretas). A prática de análise volumétrica requer a medida de volumes líquidos com elevada precisão.
Qualquer um desses instrumentos tem algumas informações importantes, tais como: volume máximo; graduação da escala; tolerância (limite máximo do erro); traço dereferência; temperatura de calibração (normalmente, 20°C). Também pode ter erros devido a: ação da tensão superficial; dilatação e contração, provocadas pela variação de temperatura; calibração imperfeita do aparelho; erros de paralaxe.
Dentre todos os erros descritos, os erros de paralaxe são os mais comuns, que é na verdade a leitura errada do volume do líquido. Para evitar cometer este tipo deerro, a leitura de um determinado volume de líquido deve ser feita na altura dos olhos, sempre pela parte inferior do menisco.
2-Objetivo
O propósito da experiência foi aprender a manipular corretamente as vidrarias disponíveis para a determinação de volume, analisar a exatidão dos instrumentos volumétricos, além de obter medidas de massas e volumes aproximadas e precisas.

MATERIAIS EMÉTODOS
MATERIAS UTILIZADOS:
1. Béquer;
2. Bureta;
3. Erlenmeyer;
4. Pêra;
5. Pipeta graduada
6. Pipeta volumétrica
7. Proveta.
8. Balão volumétrico
9. Tubos de ensaios
10. Balança semi-analítica
11. Suporte para tubos de ensaios

REAGENTES UTILIZADOS:
1. Água Destilada.
PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL 1:
1- Separou se 6 tubos de ensaio,enumerados epesados separadamente em uma balança semi analítica,obtendo sua massa;
2- Utilizou se um béquer de 100 mL com água destilada para fazer o experimento;
3- Pipetou se água destilada (com uma pipeta graduada de 5 mL e pera de sucção) nos seguintes volumes: 1 mL; 1,5 mL; 2 mL; 2,7 mL; 3,8 mL e 4,5 mL transferindo se para cada um dos tubos de ensaio enumerados nesta ordem de volumes;
4- Pesouse novamente os tubos de ensaios já com a água destilada obtendo sua massa.

PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL 2 :
1- Separou se 4 béqueres,enumerados e pesados (vazio) separadamente em uma balança semi analítica, obtendo sua massa;
2- Utilizou se um balão volumétrico de 25 mL; uma proveta de 100 mL; uma pipeta volumétrica de 25 mL e uma pipeta graduada de 25 mL
3- Transferiu se 50 mL deágua destilada para cada um dos béqueres utilizando se os medidores de volumes do item 2.
4- Pesou se os béqueres contendo a água destilada separadamente obtendo se a massa de cada.

RESULTADOS E DISCURSÕES:
PROCEDIMENTO 1:
Após a realização do procedimento 1 , anotou se os seguintes resultados na tabela abaixo:
*densidade da água 0,9823 na temperatura de 20ºC
TUBO DE ENSAIO | MASSA DOTUBO DE ENSAIO | MASSA DO TUBO DE ENSAIO + H2O | MASSA ML DE H2O(experimental) | MASSA ML H2O (teórica) | ERRO % |
1 | 13,1 g | 14,1 g | 1 g | 0,99 g | 0,17 % |
2 | 13,3 g | 14,5 g | 1,2 g | 1,49 g | -19,8 % |
3 | 13,3 g | 14,9 g | 1,6 g | 2,0 g | -20 % |
4 | 13,8 g | 16,1 g | 2,3 g | 2,7 g | -14,8 % |
5 | 13,1 g | 16,1 g | 3 g | 3,8 g | -21%...
tracking img