quimica

Páginas: 2 (296 palavras) Publicado: 21 de junho de 2014
Eu sei, mamãe, que por um caprixo de destino,
ou simples desejo divino não foi em seu ventre que me formei.
Quis a vida que eu fosseescolhido não pelo acaso,
mas pelos próprios caminhos apontados por Deus
Eu sei que a primeira vez que você me sentiu mexer
foi em seusbraços e não em seu ventre.
Mas... mãe! Há algo mais forte que os laços de sangue: sao os laços
do coração, aqueles que por uma razãoenexplicável nos ligam para sempre
a uma outra pessoa.
Assim eu nasci, não da sua barriga, mas do seu ser.
E você me acolheu com braços quentes, comose eu fosse carne da sua carne.
Me pôs contra seu peito e eu pude ouvir a voz do seu coração me acalmar
me dizendo para não ter medo, queeu encontrei um lar.
Você me devolveu a dignidade de ser chamado de filho e a honra de ter uma verdadeira mãe,
exatamente como deve ser.Sei que em momentos de zanga digo coisas sem pensar,
mas quero que saiba que meu coração não pensa o que digo e gostaria que me perdoasse.Mãe não só é aquela que põe no mundo, mas aquela que, vivendo ao nosso lado,
nos prepara para enfrentar o mundo.
Aquela que cura a dor combeijos e se alagra quando nosso coração se alegra.
E quando ficamos triste fica triste junto.
Talvez você não tenha me dado a vida, mas deucertamente uma razão para viver...
Deus sabia, mamãe que você era o anjo na medida exata para fazer a minha
felicidade.
Te amo!
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • quimica
  • Quimica
  • QUIMICA
  • qUIMICA
  • quimica
  • quimica
  • quimica
  • Química

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!