Quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1066 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Exp. 7: Titulação Ácido - Base - Volumetria de Neutralização
Objetivos
 Determinar a concentração de um ácido, usando titulação volumétrica;
 Escolher o indicador ideal para cada titulação;
 Dominar a técnica de titulação volumétrica.

Introdução
Titulação
Na pesquisa e na indústria, freqüentemente é necessário determinar a concentração de
espécies químicas em solução (íons oumoléculas). Para determinar a concentração de um ácido ou
uma base, por exemplo, um método chamado titulação é utilizado, cujo nome se refere a “dar o
título”, ou seja, identificar a concentração.
A titulação é um procedimento no qual, por meio de uma reação química entre uma espécie
de concentração conhecida (titulante) e outra de concentração desconhecida (titulado), obtém -se a
identificação daconcentração dessa última.
São necessários, contudo, alguns requisitos:


Deve existir uma reação entre o titulante e o titulado;



A reação deve ser rápida;



A reação deve ser quantitativa (completa: todos os reagentes formam produtos);



Deve ocorrer a variação de alguma propriedade mensurável da solução (condutividade,
potencial, absorbância / transmitância, temperatura,pH entre outras).

A titulação ácido-base utiliza o fato de que os ácidos são neutralizados por bases para formar
sal e água, reação esta que se enquadra nos requisitos acima. Com a variação do pH e o consumo de
certo volume do titulante, esta técnica recebe o nome de titulação Volumétrica.
A rigor, a equação da reação de neutralização entre um ácido e uma base quaisquer ocorre
+efetivamente entre os íons hidrônio (H3O ) e hidróxido (OH ):
H3O+(aq)

+

OH-(aq)

 2 H2O(l)

A representação simplificada, contudo, é usual:
+

H

+ OH (aq) 
-

(aq)

H2O(l)

Isso significa que na reação um íon hidrogênio neutraliza um íon hidróxido (1:1). Como a
concentração mol por litro de íons H+ é M = n / V, então:
n=VxM
Onde: n = número de mols de íons hidrogênio; V =volume da solução e M = molaridade.
O mesmo é válido para a concentração de íons OH-.

43

No ponto em que uma solução ácida tenha sido completamente neutralizada por uma
solução básica (ponto de equivalência), o número de íons hidrogênio é igual ao número de íons
hidróxido:
n ácido = n base
Ou ainda: (como n = M . V)
M ácido . V ácido = M base . V base
A expressão acima é válida paramonoácidos e monobases, como HCl e NaOH por exemplo.
+
Quando temos uma titulação entre poliácido e polibase, devemos considerar o número de H e OH
ionizáveis do ácido e da base, resultando na expressão geral:

k ácido . M ácido . V ácido = k base . M base . V base
Onde: M = concentração mol / L (molaridade); V = volume e k = número de H+ ou OH- ionizáveis do
ácido e da base.
Assim, por exemplo,para a titulação entre o ácido fosfórico (H3PO4) e o hidróxido de sódio
(NaOH), escreveremos a expressão:
3 . M ácido . V ácido = 1 . M base . V base
Desvio relativo
Devido aos erros determinados e indeterminados que podem ocorrer em uma análise,
resultados representativos são obtidos apenas quando as determinações são realizadas no mínimo
em duplicata. A validade de dois resultadosindividuais pode ser avaliada por meio do cálculo do
desvio relativo, expresso em %:

dr  M1  M2  x 100 / M
onde M1 e M2 são as concentrações individuais e M é a concentração média. Para que as medidas
sejam representativas, dr não deve ser maior que 5%.

Procedimento
a) Pipete 25 mL de uma solução de HCl de concentração desconhecida e os transfira para um
erlenmeyer de 150 mL. Adicione 2 ou3 gotas do indicador fenolftaleína. Titule com uma
solução padrão de NaOH 0,100 mol/L, até que a cor da solução passe a levemente rosa.
Realize a análise, pelo menos, em duplicata.
b) Repita o procedimento anterior substituindo a fenolftaleína pelo indicador azul de
bromotimol, cuja viragem ocorre de amarelo para azul.
c) Calcule a concentração do ácido e o desvio relativo (dr) entre as...
tracking img