Quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1209 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Definição. O que é biomaterial?
Segundo Willians (1987) biomaterial é definido como qualquer substância ou combinação de substâncias, exceto fármacos, de origem natural ou sintética, que podem ser usadas durante qualquer período de tempo, como parte ou como sistemas que tratam, aumentam ou substituam quaisquer tecidos, órgãos ou funções do corpo.
Os biomateriais podem ser classificados deacordo com o comportamento biológico (bioinerte, biotolerados, bioativos e reabsorvíveis) e composição química (metálicos, poliméricos, compósitos e naturais). Como característica imprescindível, estes materiais devem ser biocompatíveis, ou seja, não deve ser tóxico, carcinogênico, antigênico nem mutagênico, não deve interferir com a cicatrização dos tecidos lesados durante o ato cirúrgico e ostecidos do hospedeiro devem tolerar bem as propriedades biomecânicas dos materiais. Além disso, deve ser fabricável, esterilizável e estável durante a implantação e quando necessário, para aplicação. Não deve ser corrosível, degradável.
Mais recentemente, com o advento dos materiais de segunda e terceira geração, o conceito de biofuncionalidade passou a ser incluído nas discussões sobre odesenvolvimento e análise de novos biomateriais. Isto porque a biofuncionalidade se refere às propriedades físicas e mecânicas que permitem que um biomaterial desempenhe a função planejada. Não basta ser biocompatível. Precisa também ser biofuncional.

Há uma grande diversidade de biomateriais, os quais se diferenciam em função de aspectos como a forma de aplicação do produto, a forma de contato e tempo depermanência no organismo e o material utilizado para fabricação, os quais, por sua vez, determinam a complexidade de desenvolvimento de um novo produto.

História dos Biomateriais

A utilização de biomateriais com a finalidade terapêutica, se iniciou há milhares de anos. Relatos históricos da utilização de suturas, por exemplo, fazem referência há mais de 32 mil anos. No Período Helênico, osassistentes de padres realizavam tratamentos médicos. Um dos filhos desses assistentes é gerado no ano 460 aC. - nasce Hipócrates, que teve uma visão mais prática da Medicina. Quanto aos materiais médicos usados pelo menos há 2000 anos, os romanos, chineses e astecas usavam ouro em Odontologia; olhos de vidro e dentes de madeira eram materiais de uso comum; e ungüentos eram utilizados para"colar" a pele, como bandagens.
O período medieval, no século XVI, mostrava ainda grande associação entre Medicina e Religião. No ano de 1163, uma regulamentação Papal condicionava que cirurgias com derramamentos de sangue eram incompatíveis com a Igreja. No século XVII aC., segundo o Papiro de "Edwin Smith", as fraturas eram tratadas com bandagens, mel e clara de ovos, e as feridas com carne fresca.Nos séculos XVII e XVIII, intervenções faciais eram feitas com imobilizações oclusais e bandagens mento-parietais e fronto-occipitais. Através da Revolução Industrial, os séculos XVIII e XIX trouxeram maior conhecimento em Anatomia e Fisiologia, através do aprimoramento de técnicas e materiais; além disso, em 1844, Horace Wells introduziu a anestesia em cirurgias. No século XX ocorre então umamaior compreensão das reações biológicas e infecciosas. Após a 2ª Guerra Mundial, médicos observaram em ex-combatentes feridos que alguns materiais de projéteis promoviam uma menor reação de corpo estranho. Assim, muitos materiais passaram a ser utilizados em técnicas de transferência de tecidos ou ainda como materiais para próteses e dispositivos médicos.
Nos anos 60, ocorreu o 1º Simpósio deBiomateriais na Universidade de Clemson, culminando na formação da Sociedade de Biomateriais. Segundo a Conferência do Instituto de Desenvolvimento de Consenso em Saúde, em 1982, Biomaterial seria qualquer substância (outra que não fármaco) ou combinação de substâncias, sintética ou natural de origem, que possa ser usada por um período de tempo, completa ou parcialmente como parte de um sistema que...
tracking img