Quimica exp

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1020 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO VILA VELHA - UVV

ENGENHARIA DE PETRÓLEO – ETM2







Amanda Battistin dos Santos

Lucas Comarella

Juliana de Figueiredo Salgado













Prática n° 12 (05/11/12):


PRÁTICA Nº 12: EXTRAÇÃO COM SOLVENTES.













VILA VELHA

NOVEMBRO - 2012


Amanda Battistin dos Santos

Lucas ComarellaJuliana de Figueiredo Salgado














PRÁTICA Nº 12: EXTRAÇÃO COM SOLVENTES.












Relatório do Curso de Graduação em Engenharia de Petróleo apresentado ao Centro Universitário Vila Velha - UVV, como parte das exigências da Disciplina Química Experimental sob orientação do Professor Kirlene Salgado Fernandes.









VILA VELHA

NOVEMBRO -2012





Sumário

Introdução .................................................................................... 4

Objetivos........................................................................................ 4

Experimental.................................................................................. 5

Resultados eDiscursão................................................................ 6

Conclusão....................................................................................... 7

Refêrencias..................................................................................... 7






































PRÁTICA Nº 12: EXTRAÇÃO COM SOLVENTES.



I. Introdução

A extração entre dois líquidos sedá através de uma solução aquosa que colocada em contato com um solvente orgânico imiscível com o primeiro solvente, para que o soluto seja transferido para o segundo solvente [2].A extração pode ser realizada de duas maneiras: simples e múltipla. A extração simples permite isolar uma substância, anteriormente dissolvida por agitação em um solvente apropriado (imiscível). Na extração múltipla sãorealizadas várias extrações sucessivas com pequenas porções de solvente. A extração múltipla é mais eficaz que a extração simples, pois é preferível realizar três extrações de 10mL que uma extração com 30mL.É possível calcular o coeficiente de partição(K) pela divisão da quantidade de soluto na fase orgânica ([S]o) por quantidade de soluto na fase aquosa([S]

A).A seguinte equação representa ocoeficiente de partição.

K = [ S]o/[S]a

 Nesta prática, serão realizadas extrações múltiplas e simples com ácidopropiônico, e o éter dietílico será usado como solvente extrator. Em titulaçõesdo tipo ácido-base são indica-se o uso de fenolftaleína, pois quando a misturavai alcançando sua neutralidade acontece mudança de cor e esse ponto é fácilde ser identificado visualmente. Por isso, paradeterminar a massa de ácidopropiônico serão feitas titulações na fase aquosa do ácido em presença defenolftaleína, que em pH menor que 8 é incolor e maior que 10 é vermelha






II. Objetivo:



Realizar extrações simplese múltiplas do ácido propiônico, a partir de uma solução aquosa, utilizando éter dietílico como solvente extrator.

A massa de ácido restante na fase aquosa, apóscada extração, será determinada por meio de titulação.

Observar também a faixa de viragem do indicador, determinada em presença de solução indicadora de fenolftaleína. A Faixa é de 8 a 10, sendo incolor em pH menor que 8 e vermelha em pH acima de 10.





III. Experimental:



1. Preparo de uma solução de ácido propiônico

a) Em um balão volumétrico de 50 mL,adicionou-se 1 mL de ácido propiônico e completou-se o volume com água destilada. Foi necessário agitar até a homogeneização da solução resultante (solução A).

b) Pipetou-se uma alíquota de 10 mL da solução A e transferiu-se para um erlenmeyer de 125 mL. Após isso, foi adicionado 3 gotas de solução indicadora de fenolftaleína.

c) Encheu-se a bureta com solução padronizada de NaOH e...
tracking img