Quetionario de semiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2029 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ACADEMICA: DÉBORA HELOUISE PAVAN
QUESTIONARIO DE SEMIOLOGÍA OCULAR
1. Descreva a vascularização ocular
A irrigação da órbita e do olho é realizada pela artéria oftálmica, ramo da a. carótida interna. Penetra na órbita pelo canal óptico, abaixo do nervo óptico, emite a artéria central da retina que penetra no III par, artéria lacrimal, artéria supraorbital, ramos musculares que conduzem asarteriaa ciliares anteriores, arterias ciliares posteriores, arterias etmoidais, arterias palpebrais terminando nas artérias dorsal do nariz e infratroclear no canto medial.

2. Descreva a inervação ocular (Via sensitiva ocular)
Rama oftálmica do trigêmeo que inerva:
* Córnea e globo ocular (via nervos longo ciliares e nervo lacrimal)
* Pálpebras, tecido conjuntivo e fáscia daglândula lacrimal (via nervo lacrimal)
3. Defina hiperemia, injeção, neovascularização, hifema, pannus e micropannus.
* -Hiperemia é a vasodilatação dos vasos conjuntivais;
* Injeção: é a congestão dos vasos sanguíneos profundos ou superficiais causados por inflamação;
* -Neovascularização: é a vascularização da córnea através dos vasos limbares que penetram na córnea;
* - Hifema:sangue na câmara anterior;
* -Pannus: crescimento de tecido fibrovascular subepitelial a partir do limbo por um processo inflamatório ou degenerativo. O pannus progressivo se caracteriza pela presença de infiltrado corneano além dos vasos em crescimento;
* -Micropannus: é uma proliferação subepitelial de tecido fibrovascular do limbo para a córnea, que se estende 1 - 2 mm para além daarcada vascular normal.

4. Descreva as categorias ou tipos de apresentação clinica de olho vermelho
* Injeção conjuntival: hiperemia de vasos superficiais da conjuntiva de cor vermelho claro. Processos banais de conjuntiva e pálpebra. Colírio vasoconstritor causa vasoconstrição.
* Injeção ciliar ou periceratica: hiperemia de vasos epiesclerais e conjuntivais profundos, de cor vermelhovioláceo, formando um anel ao redor da córnea. Patologia uveal e corneal. Colírio vasoconstritor não causa vasoconstrição.
* Injeção mista: combinação das duas formas anteriores. Reflexo de patologia grave do segmento anterior.
* Hemorragia subconjuntival: coleção de sangue de aparição brusca e indolor secundaria a ruptura de um vaso conjuntival.

5. Indique sintomas que estãorelacionados com olho vermelho indolor e realize um quadro resumo das manifestações clinicas especificas das blefarites e conjuntivites infecciosas e não infecciosas, levando em consideração a classificação.
* Sensação de corpo estranho, ardência, prurido e epífora,

| BLEFARITE ANTERIOR | BLEFARITE ANTEIOR | BLEFARITE POSTERIOR | BLEFARIT POSTERIOR |
CARACTERÍSTICAS | ESTAFILOCÓCICA |SEBORREICA | MEIBOMITE | MORAXELLA |
ESCAMAS | DURAS, QUEBRADIÇAS E PERSITENTES | GORDUROSA, FACIMENTE RETIRÁVEL | GORDUROSA, GOTÍCULAS DE OLEO | EPITELIO AMASSADO, DESCAMAÇÃO MÍNIMA |
GLANDULAS DE MEIBOMIO | | FREQUENTES ALTERAÇÕES NAS GLANDULAS | OBSTRUÇÃO CONDENSADAS, ORIFICIOS IRREGULARES | |
BI/UNILATERAL | PODE SER UNI (NA FASE PRECOCE) | BILATERAL | BILATERAL | COM FREQUENCIAUNILATERAL |
ENFERMIDADES DA PELE ASSOCIADAS | DERMATITE SEBORREICA | DERMATITE SEBORREICA | ACNE ROSADADERMATITE SEBORREICA | OCASIONALMENTE |
ULCERA / CERATITE | SIM, CERATIE SUPERFICIAL PONTEADA, INFILTRADOS MARGINAIS, FLICTENULAS | NÃOCSP OCASIONAL | NÃO, CSP FREQUENTE, TEMPO DE RUPTURA DA LAGRIMA RAPIDO | NÃO, INFILTRADOS MARGINAIS, ULCERAS OCASIONAIS |
HORDEOLO | FREQUENTE | RARA | FREQUENTE ||
ALTERAÇÃO DOS CILIOS | MADAROSE E POLIOSE | NÃO | NÃO | NÃO |
CONJUNTIVITE (INJEÇÃO) RESPOSTA PAPILAR | FREQUENTE | OCASIONAL | FREQUENTE | SEMPRE, PODE SER DE TIPO FOLICULAR |
TRATAMENTO | HIGIENE DAS PALPEBRAS, ANTIBIOTICOS TOPICOS | HIGIENE DAS PALPEBRAS E TRATAR A DERMATITE | HIGIENE DAS PALPEBRAS, EXPREMER, ANTIBIOTICOS SISTEMICOS | ANTIBIOTICOS TOPICOS |

6. Defina o que é...
tracking img